Vettel apoia decisão da Ferrari sobre mudança de motor

Mesmo sendo obrigado a começar GP dos Estados Unidos dez posições atrás, alemão concorda com decisão da equipe

A Ferrari optou por utilizar sua quinta unidade de potência no ano, sendo obrigada a recuar seus dois pilotos dez posições no grid de Austin no próximo domingo. Mesmo assim, Sebastian Vettel acredita que mesmo largando de uma posição não desejada, ele será capaz de fazer boa corrida de recuperação devido ao desempenho do seu motor.

"Teremos uma punição de 10 lugares no grid", disse Vettel. "Mas estava dentro dos planos, nunca foi uma surpresa. Para explicar essa história, nossos planos são de sempre contar com um equipamento mais forte possível. Além disso, acredito no trabalho de nosso pessoal. Portanto, isso não deve ser encarado como uma desvantagem. "

Mudança planejada

Apesar de ter havido incertezas sobre a nova especificação do motor a ser utilizado, Vettel deixou claro que Austin era visto como a melhor oportunidade para mudar as unidades de energia.

"Obviamente, se você olhar apenas para esta corrida, com certeza não é uma grande notícia", disse ele. "Mas então você olha para todo o projeto, toda a temporada e sempre foi planejado ter aqui um novo motor até o final da temporada. Como disse, a prioridade foi sempre ter a máxima potência em cada corrida."

"E esse plano tem funcionado muito bem até agora. Obviamente, temos que aproveitar o sucesso aqui, mas como eu disse, você deveria ver o lado positivo, o fato de que fomos capazes de evoluir muito no geral."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pista Circuit of the Americas
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias