Vettel celebra: “Pensei que havia levado um xeque-mate”

compartilhar
comentários
Vettel celebra: “Pensei que havia levado um xeque-mate”
8 de abr de 2018 17:46

Aliviado com vitória, alemão admite que pensou ter perdido a prova quando viu que a Mercedes faria apenas um pitstop

Podium: winner Sebastian Vettel, Ferrari, second place Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1, third place Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H leads at the start of the race
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H leads at the start of the race
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, leads Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09
Sebastian Vettel, Ferrari SF-71H leads at the start of the race
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, parks up after securing pole
Pole sitter Sebastian Vettel, Ferrari SF71H in parc ferme

Sebastian Vettel admitiu que chegou a temer que tivesse levado um “xeque-mate” da Mercedes quando a equipe alemã optou por fazer um único pitstop no GP do Bahrein.

O alemão comandou o estágio inicial da prova, mas, originalmente, faria duas paradas quando colocou os pneus macios.

Atrás dele, a Mercedes optou por colocar Valtteri Bottas no pneu médio, com o objetivo de fazer uma única parada. 

Como Vettel não abriu o suficiente para abrir vantagem para o rival, o alemão pensou que a corrida havia sido perdida naquele momento – então, a Ferrari optou por arriscar ao tentar também completar a prova com uma única parada.

No fim, ele resistiu aos ataques de Bottas para vencer com uma vantagem de apenas 0s6. 

“Acho que falei pelo rádio, a dez voltas do fim, que eu tinha tudo sob controle – e era mentira”, explicou. “Não havia nada sob controle. Quando eles me falaram do ritmo de Valtteri naquele momento, disse: ‘De jeito nenhum eu consigo vencer’. Fiz as contas no carro e achei que ele iria me alcançar.”

“Tentei me manter limpo o máximo possível. Ambas as Mercedes, no fim dos stints, estavam muito fortes, especialmente no primeiro, e eles viram o que fizemos.” 

“Quando eles colocaram pneus médios, pensei que era um xeque-mate, já que tínhamos que parar de novo. Esse era o plano original, mas dividimos novamente e tentamos cuidar dos pneus o máximo que podíamos. Deu certo, mas foi por pouco.”

Apesar de Raikkonen ter permanecido na estratégia de duas paradas (antes de um pitstop desastrado que o fez abandonar), Vettel afirmou que não tinha nada a perder por tentar manter seus pneus até o fim.

“Aquilo nos colocou estresse e pressão, mas não tínhamos nada a perder ao permanecer na pista e tentar vencer ou ficar em terceiro. Estou realmente satisfeito. Se você consegue vencer nessas condições, o gosto é ainda melhor.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Kimi se preocupa com mecânico: “espero que esteja bem”

Previous article

Kimi se preocupa com mecânico: “espero que esteja bem”

Next article

TABELA: Vettel dispara com melhor começo de ano desde 2011

TABELA: Vettel dispara com melhor começo de ano desde 2011

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Localização Bahrain International Circuit
Tipo de matéria Últimas notícias