Vettel compara situação atual do campeonato à desvantagem de 2010

Para conquistar seu primeiro título, alemão tirou uma diferença de 25 pontos para o mesmo Alonso em duas corridas

Vice-líder do Mundial, a 29 pontos de Fernando Alonso, Sebastian Vettel sabe muito bem como virar uma situação desfavorável no campeonato. Afinal, quando conquistou seu primeiro título, em 2010, estava a 31 pontos do então líder Lewis Hamilton a seis etapas do final.

Mais do que isso, virou uma situação ainda pior da que se encontra hoje, contra o mesmo Alonso. Após a quebra de motor enquanto liderava o GP da Coreia, tinha 25 pontos de desvantagem com duas etapas para o final. “A situação depois do GP da Coreia há dois anos foi uma merda, mas você tem de manter as esperanças e seguir acreditando. Acho que é isso que faz a diferença no final. Sabemos que é extremamente difícil, mas o desafio é esse e é justamente por ser difícil que o gosto é melhor no final. Nossa meta é ter esse gosto doce.”

Para chegar ao tricampeonato consecutivo, o plano de Vettel é tirar a diferença aos poucos, classificando-se sempre à frente de Alonso, como fez em duas das últimas três provas. “Quando terminamos à frente de todos os outros, progredimos. É nossa meta para as próximas corridas, mas não será fácil. Queremos vencer o campeonato e, depois de Cingapura, a situação parece melhor do que depois da Itália”, lembrou o piloto que, na ocasião, abandonou e caiu de segundo para quarto no campeonato, recuperando-se na prova seguinte.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias