Vettel critica aqueles que reclamam de alienação dos pilotos

Alemão garante que todos "têm ouvidos e olhos" para ver situações como a do Bahrein, mas que "é fácil falar de fora"

Vettel é o líder do campeonato

Terminado o final de semana tenso do GP do Bahrein, Sebastian Vettel criticou aqueles que pedem que os pilotos tenham voz ativa nas decisões políticas da F-1. Para o alemão, falar de fora, sem vivenciar a situação, é fácil.

“Muitas vezes, os pilotos são criticados por não responder as perguntas de maneira adequada. Acho que é muito fácil para as pessoas de fora, que não estão aqui, fazer certos comentários... é melhor eu parar por aí”, afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace.

Tanto durante os momentos de indecisão a respeito da realização da prova, quanto em pleno final de semana, os pilotos deram respostas evasivas a respeito de sua opinião sobre a presença da F-1 em um país envolto em guerra civil. Vettel foi um dos que afirmou não ler os jornais e estar no Bahrein para trabalhar.

Contudo, o alemão garantiu que essa é apenas uma tentativa, para tentar não se distrair com os eventos ao redor.

“Obviamente, não foi fácil. Você tenta focar na corrida, no carro, e nos problemas que pode enfrentar para obter mais performance do carro. Claro que temos olhos e ouvidos, você sabe do que está acontecendo, lê as mesmas coisas que todos os outros. Estou muito feliz e aliviado que nada aconteceu e podemos voltar para casa em segurança.”

O bicampeão aproveitou para parabenizar o esforço dos barenitas para manter a segurança durante o final de semana de corrida. “Acho que o povo deu o máximo para que tudo fosse seguro, então tenho de agradecê-los. Tomara que voltemos no futuro, quando tudo estiver mais seguro.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias