Vettel defende Hamilton em coletiva: “Pergunta de m****”

Jornalista questiona piloto da Mercedes por declarações sobre Verstappen, mas vencedor do GP do Bahrein critica: “É criar uma história do nada”

Sebastian Vettel partiu em defesa de Lewis Hamilton na coletiva de imprensa pós-GP do Bahrein, quando o inglês foi questionado a respeito das palavras que utilizou para avaliar a manobra de Max Verstappen na prova.

Hamilton e Verstappen colidiram no início da corrida em Sakhir, o que, posteriormente, provocou o abandono do piloto holandês. 

Na antessala do pódio, Hamilton viu o replay do incidente e chamou Verstappen de “idiota”. Na coletiva, um jornalista holandês questionou a respeito dos termos usados pelo piloto da Mercedes, mas antes que o inglês pudesse responder, Vettel intercedeu. 

“Posso responder essa?”, disse o alemão.

“Acho que não é justo. Quer dizer, não sei o que Lewis fez. Todos já estivemos nessa situação, lutando com alguém roda a roda, e há muita adrenalina correndo.”

“No futebol, se tivéssemos um microfone na boca do jogador, você acha que tudo o que ele fala é legal, quando ele é trombado ou recebe uma falta? Então, não acho que seja justificável fazer essas perguntas de merda e criar uma história do nada. Estamos apenas correndo e estamos cheios de adrenalina, e às vezes dizemos essas coisas.”

“Se eu te acertar na cara, você não vai virar e dizer: ‘Oh, Sebastian, isso não foi legal’. É uma reação humana. Às vezes, sinto que é meio artificial quando temos essas perguntas, tentando criar uma história do nada. Não é pessoal, não leve para o pessoal. Então, acho que podemos parar por aqui para que Lewis possa responder” completou o alemão, antes de ouvir de Hamilton que a manobra de Verstappen foi “boba e desnecessária”. 

Assista ao episódio:

 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Pilotos Lewis Hamilton , Sebastian Vettel , Max Verstappen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias