Vettel diz que não estava "fazendo o melhor trabalho"

Alemão admite que poderia ser mais veloz nos dois primeiros treinos do fim de semana na Bélgica

Sebastian Vettel terminou o segundo treino desta sexta-feira em Spa-Francorchamps perto de meio segundo de Lewis Hamilton, e foi mais lento do que seu companheiro, Kimi Raikkonen, em ambas as sessões.

O alemão disse que tinha dificuldades em stints mais curtos, mas que não tinha feito um bom trabalho como poderia.

"Eu não estou inteiramente feliz", disse Vettel sobre o desempenho nesta sexta-feira. "No geral, o carro está bom. Não encontrei o ritmo, especialmente nos períodos mais curtos."

"No long run foi melhor. No geral, acho que o carro está bom, mas precisamos entender em todas as frentes. Preciso fazer o meu trabalho e então devemos estar bem."

"Não fiz o melhor trabalho hoje, não encontrei o ritmo do jeito que queria. Então, sei que posso ir mais rápido."

Vettel admitiu que a Mercedes era favorita em Spa, mas esperava um desempenho melhor de si próprio.

"Acho que a Mercedes parece muito forte", disse ele. "Sempre que eles saíam, tiveram a possibilidade de ir rápido. É uma longa pista e não é tão fácil juntar tudo."

"O que todos estão olhando é sempre os tempos de volta em si. Eles parecem muito fortes, sem dúvida."

"A sexta-feira é difícil de julgar, porque no sábado, todos parecem dar um passo à frente. Se pudermos dar o mesmo passo, então, sim, podemos estar perto. A Mercedes é a favorita, mas estamos aqui para lidar com dificuldades."

"A aderência está boa, mas precisamos encontrar o equilíbrio certo. Estou saindo um pouco demais de traseira."

"Isso pode me fazer guiar de forma diferente, mas tudo deve estar bem amanhã."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias