Vettel domina teste da manhã em Barcelona

compartilhar
comentários
Vettel domina teste da manhã em Barcelona
Por: Scott Mitchell
Traduzido por: Daniel Betting
6 de mar de 2018 12:33

Sebastian Vettel regisrou o melhor tempo na manhã do segundo teste de pré-temporada da Fórmula 1 em Barcelona, enquanto a McLaren enfrentou problemas e deu apenas sete voltas

Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14

Sebastian Vettel finalmente venceu o duelo com Valtteri Bottas de Mercedes para terminar os testes da manhã desta terça-feira na frente, com Max Verstappen terminando em terceiro.

Bottas começou a trabalhar logo nos primeiros minutos e foi o ponto de referência durante a maior parte da manhã, com uma corrida mais longa com pneus médios, com o tempo de 1min20s756, que perdurou até o final da primeira hora do teste.

Ele deu 24 voltas, mais do que qualquer outro piloto, antes que a McLaren, de Stoffel Vandoorne, causar uma bandeira vermelha.

O McLaren permaneceu na garagem até o final da sessão quase três horas depois, quando Vandoorne surgiu a tempo para uma breve volta de reconhecimento.

Após a paralisação induzida pela McLaren, Bottas e Vettel calçaram seus carros com os Pirellis macios, com Vettel obtendo o primeiro lugar com 1min20s653 antes de a Bottas recuperar a ponta por apenas 0s022.

Bottas diminuiu seu tempo para 1min20s596 enquanto Verstappen melhorou para 1min20s649 com pneus médios, com as três principais equipes separadas por apenas meio décimo.

Com pouco mais de meia hora para o fim, Vettel terminou uma longa corrida com os pneus médios e com a volta mais rápida da sessão (1min20s396), a dois décimos de Bottas. Verstappen não conseguiu melhorar e foi o terceiro mais rápido.

Atrás dos três primeiros, Pierre Gasly continuou o bom início da parceria da Toro Rosso-Honda com uma volta com pneus macios, meio segundo fora do ritmo. Kevin Magnussen foi o último a rodar dentro do mesmo segundo de Vettel, com 1min21s298.

Isso colocou a Haas a pouco mais de um décimo da Renault, com Nico Hulkenberg na garagem durante a primeira metade da manhã.

No entanto, longas corridas com pneus médios ajudaram o fabricante francês a sair para o almoço com uma contagem razoável de 48 voltas. Sergey Sirotkin ficou apenas um décimo atrás com a Williams, que deu apenas 42 voltas.

Marcus Ericsson usou pneus macios para colocar a Sauber na frente da Force India nos 10 minutos finais da sessão, 1s497 atrás de Vettel.

A Force India provocou uma segunda bandeira vermelha no meio da manhã quando Sergio Pérez foi para a brita na saída da curva 4 e trouxe "detritos" de para a pista, que foi rapidamente limpa.

PosPilotoEquipeTempoDiferençaVoltas
1 Vettel Ferrari 1m20.396s   86
2 Bottas Mercedes 1m20.596s 0.200 86
3 Verstappen Red Bull 1m20.649s 0.253 85
4 Gasly Toro Rosso 1m20.973s 0.577 53
5 Magnussen Haas 1m21.298s 0.902 46
6 Sirotkin Williams 1m21.588s 1.192 48
7 Hulkenberg Renault 1m21.738s 1.342 42
8 Ericsson Sauber 1m21.893s 1.497 56
9 Perez Force India 1m21.936s 1.540 37
10 Vandoorne McLaren 1m24.773s 4.377 7
Próxima Fórmula 1 matéria
McLaren assume assento no conselho da Fórmula 1

Previous article

McLaren assume assento no conselho da Fórmula 1

Next article

Análise: Como halo abre possibilidades aerodinâmicas na F1

Análise: Como halo abre possibilidades aerodinâmicas na F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento Barcelona March testing
Localização Circuit de Barcelona-Catalunya
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Relato de testes