“Vettel é o chefe dentro da Red Bull”, critica Briatore

Ex-chefe de Alonso na Renault diz que atual tricampeão manda no time austríaco, pois não há pulso firme

Vettel em Sepang

Dono de passagem polêmica como chefe de equipe na Fórmula 1, o italiano Flavio Briatore também resolveu dar sua opinião sobre o episódio envolvendo os dois pilotos da Red Bull no GP da Malásia. Na ocasião, Vettel foi para cima e ultrapassou Mark Webber, quando a equipe já havia pedido para que os dois reduzissem a força do motor.


“O ocorrido em Sepang foi a prova de que ninguém é responsável na Red Bull. Vettel é o chefe lá e você não pode ter um chefe de equipe que é ao mesmo tempo o piloto”, analisou Briatore em entrevista à RAI. “No ano passado já havia problemas. O carro é muito competitivo e ninguém quer ficar atrás com um carro desses”, completou.

Para o ex-chefe da Benetton e da Renault, a culpa é da falta de comando dentro do time austríaco. “Agora iremos ter dois inimigos dentro de uma equipe. Não vejo como um pode ajudar o outro. Mas se houvesse um chefe com bolas lá dentro, o Vettel teria de devolver a posição. O problema é que há duas pessoas (Christian Horner e Adrian Newey) com ideias diferentes e Helmut (Marko) está atrás falando com Mateschitz  (dono do time), para termos uma ideia”, criticou.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias