Vettel está preocupado com chance da F-1 não ir à Alemanha em 2015

Tetracampeão da Ferrari diz que "correr em casa é muito especial" e espera solução para entrave financeiro

Com a realização do GP da Alemanha deste ano cada vez mais ameaçada, o tetracampeão Sebastian Vettel chamou a atenção para a situação em seu site oficial. O piloto da Ferrari se mostrou preocupado com a chance de não poder correr em casa, uma vez que ambos os circuitos que fazem o rodízio da etapa, Nurburgring e Hockenheim, alegarem que não têm dinheiro para abrigar o GP em 2015.

[publicidade] “Eu acho que seria uma grande pena caso o GP da Alemanha não acontecesse”, declarou Vettel. “Uma corrida em casa é algo muito especial para qualquer piloto e, diante disso, eu espero que se chegue a um acordo”.

De acordo com o promotor da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, contudo, um acordo está cada vez mais distante. Em 2015, a prova deveria ser realizada em Nurburgring, mas o circuito não tem contrato vigente. Colocada pelo inglês como substituta natural, Hockenheim, que abrigou o GP em 2014, não tem como arcar com os custos de duas provas em anos seguidos.  “A situação não está boa, mas estamos tentando salvar o GP”, Ecclestone.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias