Vettel faz pouco caso com as vaias, mas rivais criticam

Alemão é vaiado no pódio pela terceira prova seguida: "Deve ser mesmo grupo, estão convidados para a Coreia"

As vaias a Sebastian Vettel nos pódios mundo afora têm se tornado uma tradição que não parece incomodar muito o alemão, mas não tem sido bem recebida por seus rivais. A primeira vez que os torcedores demonstraram seu descontentamento com o alemão de forma mais acintosa foi no GP do Canadá, mas isso se intensificou nas últimas três provas, todas vencidas pelo piloto da Red Bull

“Cruzei a linha de chegada e tinha muita gente aplaudindo – outros vaiando, mas acho que isso só confirma que estamos no caminho certo”, declarou Vettel, que prefere levar as vaias na brincadeira. “Parece haver um grupo viajando, estavam na Bélgica, na Itália e em Cingapura. Devem ter dinheiro para pagar os voos. Não sei se vão para a Coreia, mas estão convidados.”

Kimi Raikkonen, que foi muito aplaudido, ao lado de Fernando Alonso, no pódio em Cingapura, não gosta de ouvir as vaias, mas não acha que há muito o que possa ser feito. “Não acho que alguém poderia parar isso. Não é legal, mas acho que todos acabamos passando por isso em determinados lugares. Cada pessoa tem sua opinião e não há muito que possamos fazer.”

Diretor da Mercedes e ex-piloto, Niki Lauda também criticou os torcedores. “Essas pessoas não entendem o que este cara está fazendo. Eu honestamente tiro o chapéu porque o cara liderou a corrida desde a primeira volta, foi muito melhor que todos, poderia ter dado uma volta em todo mundo. Se eu pudesse, daria o campeonato para ele agora porque foi uma performance fantástica.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias