Vettel: Kimi é o melhor companheiro de equipe que já tive

compartilhar
comentários
Vettel: Kimi é o melhor companheiro de equipe que já tive
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Roberto Chinchero
15 de out de 2017 10:16

Alemão afirma que colega não faz jogos políticos dentro da equipe

Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, passes Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, at the start
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari and Riccardo Adami, Ferrari Race Engineer
Sebastian Vettel, Ferrari, Riccardo Adami, Ferrari Race Engineer and Antti Kontsas, trainer
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari

Sebastian Vettel nem sempre conseguiu se sair bem com companheiros de equipe, tendo problemas com Mark Webber na Red Bull. Mas o alemão formou uma forte relação de trabalho com Kimi Raikkonen nos últimos três anos em Maranello.

Perguntado pelo Motorsport.com, em uma entrevista exclusiva, qual tipo de companheiro de equipe ele prefere, Vettel disse: "Não é uma escolha minha e eu não acho que deveria ser. Então não me importo."

"Obviamente, se torna muito mais fácil se você tem alguém que você tenha respeito."

"Você sabe, muitas vezes as pessoas tendem a tornar as coisas muito mais complicadas, especialmente na Fórmula 1, então é bom se você pode trabalhar com alguém quando não há política ou confusões."

"A este respeito, Kimi é provavelmente o melhor companheiro de equipe que tive. Ele é bastante direto, mas também me dei bem com Daniel [Ricciardo]."

"Com Mark [Webber], obviamente, às vezes, tivemos nossas diferenças. Também devo dizer que éramos de gerações diferentes, então provavelmente, desde o início, não estávamos tão juntos. Mas é assim."

Tendo mudado para a Ferrari no início de 2015, Vettel diz que a satisfação vai além dos resultados puros.

"Estou muito feliz e honrado em correr pela Ferrari", disse ele. "Mas eu quero ganhar. Posso medir a felicidade pelo sucesso? Provavelmente não."

"Mas o que me faz feliz é se eu posso sair do carro e dizer que fiz tudo o que pude e estou feliz com o meu próprio desempenho."

"Acho que isso me deixa extremamente feliz. Ter o time ao meu lado, para ver que estamos todos juntos como uma equipe. E, além do lado da corrida, obviamente todos os desafios que tenho em casa."

Próxima Fórmula 1 matéria
Horner: Abandono de Vettel no Japão foi um golpe para fãs

Previous article

Horner: Abandono de Vettel no Japão foi um golpe para fãs

Next article

Renault se oferece para ajudar Palmer por vaga em 2018

Renault se oferece para ajudar Palmer por vaga em 2018
Load comments