Vettel lembra Schumacher: “é uma pena que não está aqui"

Após vencer Race of Champions no último final de semana em Londres, alemão recorda ídolo que se recupera de acidente: “um amigo está faltando aqui”

Desde dezembro de 2013, o mundo do esporte a motor entrou em alerta pela condição física do heptacampeão Michael Schumacher. Ele passava férias nos alpes franceses esquiando, quando bateu a cabeça em um pedra e sofreu um forte trauma craniano.

Depois de cerca de seis meses em coma, ele acordou, mas, por causa das sequelas, jamais pôde voltar a fazer aparições públicas.

Amigo do maior recordista da história da Fórmula 1, Sebastian Vettel o lembrou após vencer a Race of Champions neste final de semana – prova que os dois venceram nas duplas em 2012.

"É uma pena que ele não possa estar aqui conosco agora. É difícil para todos nós", falou Vettel, que competiu contra Daniel Ricciardo, Felipe Massa, Nico Hulkenberg, Jenson Button, Romain Grosjean e muitos outros nomes em todo o mundo do automobilismo internacional.

"Sabemos que ele (Michael) se mantém na luta, sabemos que ele não está bem, então nós desejamos a ele tudo de melhor", acrescentou.

"Em geral, é uma questão difícil, mas claramente acho que quase todo mundo aqui o conhece pessoalmente", disse Vettel.

"O fato é que ele é um bom amigo, e um amigo que está faltando aqui agora."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias