Vettel lidera acirrado terceiro treino livre na Bélgica

compartilhar
comentários
Vettel lidera acirrado terceiro treino livre na Bélgica
25 de ago de 2018 11:05

Alemão levou a melhor em disputa parelha contra Raikkonen e Hamilton; sessão tem incidente inusitado entre Bottas e Vandoorne

Sebastian Vettel liderou o terceiro e último treino livre para o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps, confirmando o domínio da Ferrari nas atividades que antecedem a classificação para a prova.

O alemão, que ocupa a vice-liderança do campeonato, 24 pontos atrás de Lewis Hamilton, terminou a sessão com uma pequena vantagem sobre seu companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, que fechou em segundo. Hamilton, o terceiro, também ficou relativamente próximo, com 0s1 de desvantagem.

A Ferrari dominou as ações praticamente desde o início, quando seu seus pilotos calçaram os pneus supermacios (os mais velozes do fim de semana) e já se aproximaram das marcas obtidas na sexta-feira.

Raikkonen estabeleceu a primeira referência, ainda na casa de 1min43s4. Contudo, os tempos baixaram assim que houve novas tentativas, e Vettel terminou com a melhor marca, em 1min42s661. Ela foi somente 0s063 melhor do que a de Raikkonen, com Hamilton com 0s137 de atraso.

Valtteri Bottas, também da Mercedes, ficou mais distante na quarta posição, 0s8 atrás. O finlandês, no entanto, esteve envolvido em um estranho acidente já nos minutos finais, o que provocou uma breve interrupção por bandeira vermelha.

Bottas havia deixado o complexo Eau Rouge/Raidillon para trás e estava já na longa reta quando Stoffel Vandoorne, da McLaren, tentou ultrapassá-lo. O finlandês não percebeu sua presença e o espremeu contra a grama; Vandoorne, então, rodou, atravessou a pista, tocou levemente no guard rail, mas sem grandes danos aparentes em seu carro, e ficou parado no local. A direção de prova confirmou que analisará o lance posteriormente.

Os dois carros da Red Bull vieram a seguir, com Max Verstappen 0s4 à frente de Daniel Ricciardo. No entanto, o holandês ficou com um distante 1s3 de atraso.

Charles Leclerc, Sergio Pérez, Nico Hulkenberg e Esteban Ocon completaram o grupo dos dez melhores.

O treino também teve novamente equipes tradicionais nas últimas posições, com as duas Williams e as duas McLaren entre os quatro mais lentos.

Terceiro treino livre:

Cla # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença
1 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 13 1'42.661  
2 7 Finland Kimi Raikkonen Ferrari Ferrari 15 1'42.724 0.063
3 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 10 1'42.798 0.137
4 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 13 1'43.464 0.803
5 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull TAG 10 1'44.048 1.387
6 3 Australia Daniel Ricciardo Red Bull TAG 13 1'44.479 1.818
7 16 Monaco Charles Leclerc Sauber Ferrari 12 1'44.963 2.302
8 11 Mexico Sergio Perez Force India Mercedes 10 1'45.341 2.680
9 27 Germany Nico Hulkenberg Renault Renault 17 1'45.464 2.803
10 31 France Esteban Ocon Force India Mercedes 13 1'45.485 2.824
11 9 Sweden Marcus Ericsson Sauber Ferrari 11 1'45.536 2.875
12 8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 12 1'45.814 3.153
13 55 Spain Carlos Sainz Jr. Renault Renault 13 1'45.925 3.264
14 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 12 1'46.087 3.426
15 10 France Pierre Gasly Toro Rosso Honda 16 1'46.182 3.521
16 28 New Zealand Brendon Hartley Toro Rosso Honda 17 1'46.259 3.598
17 18 Canada Lance Stroll Williams Mercedes 10 1'46.502 3.841
18 35 Russian Federation Sergey Sirotkin Williams Mercedes 11 1'46.630 3.969
19 14 Spain Fernando Alonso McLaren Renault 16 1'46.942 4.281
20 2 Belgium Stoffel Vandoorne McLaren Renault 14 1'47.061 4.400
Próxima Fórmula 1 matéria
Raikkonen: Novo motor Ferrari trouxe sensação diferente

Previous article

Raikkonen: Novo motor Ferrari trouxe sensação diferente

Next article

FIA esclarece situação da Force India com motores

FIA esclarece situação da Force India com motores
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Tipo de matéria Relato do treino livre