Vettel: "Na corrida, podemos ser mais rápidos"

Alemão da Ferrari foi terceiro no qualificatório do GP do Japão, mas larga em segundo depois da penalidade de Bottas. Longe de Hamilton, está confiante para a corrida

As Mercedes, e mais especificamente Lewis Hamilton, estava a um mundo do resto na classificação de Suzuka. O inglês deixou Sebastian Vettel quase meio segundo atrás e deu um golpe na mesa e na moral de seu rival.

No entanto, Vettel ficou satisfeito com o desempenho da Ferrari, embora ele não conseguisse superar Bottas. O finlandês teve uma penalidade de cinco posições e isso permite que Vettel seja o segundo.

"A classificação foi bastante boa, estou relativamente feliz. Eu tentei tudo na última tentativa, tive que assumir mais riscos, mas não funcionou, ficaria encantado se tivesse sido um pouco mais rápido".

"Na última volta do Q3, tentei um pouco mais. Valtteri não era uma ameaça [pela penalidade], então arrisquei um pouco mais. Não funcionou, mas estou feliz com o terceiro lugar e primeira fila do grid".

Vettel, que se declarou "assombrado" por pilotar em um circuito como Suzuka com esta geração de carros, disse que a Ferrari se comportou bem e mostrou esperança para a corrida: "Estou bastante feliz, sendo sincero. O equilíbrio do carro estava ficando cada vez melhor. Nos faltou um pouco de desempenho, mas no geral foi um dia positivo e o carro deverá estar um pouco melhor na corrida".

No que diz respeito a uma corrida que poderá superar a Mercedes, não tem claro o ritmo das longas batalhas pela chuva que impediu de rodar no TL2, mas Vettel se apega à memória do último GP: "Não sei qual tipo de ritmo eles terão. Só sabemos o que estão fazendo".

"Eles têm altos e baixos, eles não foram muito rápidos na semana passada, eles voltaram ao normal na corrida. Geralmente somos um pouco mais fortes na corrida do que na classificação, veremos o que podemos fazer no início e durante a corrida".

Finalmente, lamentou que a penalidade de cinco posições que sobre seu colega de equipe Raikkonen não lhe permite ter um escudeiro na largada, mas acredita que durante a corrida pode ajudá-lo: "O problema no carro de Kimi não é ideal, mas é assim. O carro é rápido, e no fim de semana passado foi mostrado que saindo de atrás pode se recuperar. Tenho certeza que pode ter uma corrida forte de onde quer que ele saia”.

Com informações adicionais de Jonathan Noble, de Suzuka

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pista Suzuka
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias