Vettel não aprova quarto lugar e promete atacar na corrida

"A meta era largar na pole position. Lewis foi bem mais rápido que nós. Teremos de atacar e lutar com os carros à frente"

Vettel

Mesmo partindo à frente de seu principal rival, Sebastian Vettel não se mostrou contente com a quarta posição no grid de largada para o GP do Brasil de Fórmula 1.

O alemão sairá quatro posições adiante de Fernando Alonso e admitiu que Lewis Hamilton e a McLaren foram muito superiores na tomada de tempos realizada neste sábado, em Interlagos. Dessa forma, promete atacar na corrida.
 
"A meta era largar na pole position. Lewis foi bem mais rápido que nós. Errei em minha primeira tentativa; a segunda foi boa, mas não tão rápida, e o Q3 foi bom. Faltou muito e temos que fazer melhor", comentou Vettel, que além do erro na primeira tentativa não fez uma volta perfeita na última chance. “Não foi a melhor volta da minha vida definitivamente".
 
O piloto agora tentará compensar na corrida. "Queria tentar de novo, mas vamos largar em quarto e não podemos mudar isso. Estamos mais acostumados a largar mais à frente, na primeira fila, mas também não foi nenhum desastre. Não estou largando em 22º. Vamos ver o que amanhã nos trará. Interlagos é um lugar legal e tudo pode acontecer. Tivemos corridas exigentes neste ano, e amanhã não será diferente. Teremos de atacar e lutar com os carros à frente", aposta.
 
Sobre a previsão de chuva para a corrida, Vettel se mostrou indiferente: "Não sei se existem acertos de chuva hoje em dia na Fórmula 1. No caso, é só colocar o pneu para pista molhada. No seco, fomos bem e acho que seremos rápidos na chuva também. Não há muito que fazer."
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias