Vettel não culpa Bottas por toque no GP da Hungria

compartilhar
comentários
Vettel não culpa Bottas por toque no GP da Hungria
Por: Scott Mitchell
Traduzido por: Daniel Betting
30 de jul de 2018 09:55

Sebastian Vettel diz que Valtteri Bottas não tem culpa pelo toque em seu carro depois de ter superado o finlandês para assumir a segunda posição

Sebastian Vettel ultrapassou Valtteri Bottas a cinco voltas do fim do GP da Hungria, mas o piloto da Mercedes tentou dar o troco no alemão e acabou tocando com a asa dianteira de seu Mercedes na roda traseira esquerda da Ferrari.

Bottas quebrou sua asa dianteira no incidente e caiu para quinto, acertando o Red Bull de Daniel Ricciardo mais tarde quando o australiano tentou ultrapassá-lo, enquanto Vettel conseguiu continuar e terminar a corrida em segundo.

"Senti que, de repente, fui atingido por trás", disse Vettel, que teve a sorte de não ser ultrapassado por seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen após o contato com Bottas, já que Raikkonen estava bem atrás dele na pista.

"Para ele [Bottas] não havia para onde ir, eu estava na frente.”

"Eu não o culpo - acho que ele não tinha aderência e quando você está tão perto é muito difícil parar o carro e acho que ele trancou e fizemos contato."

 

Vettel vinha perseguindo Bottas por várias voltas com pneus ultramacios novos, com Bottas tentando fazer um improvável trabalho de estratégia de uma única parada, tendo trocado para os macios.

"Eu percebi imediatamente que eu fazia uma corrida muito melhor", disse Vettel.

"Eu queria ter certeza de que não perderia a freada, eu pisei no freio e quando me virei senti o contato por trás."

O segundo lugar de Vettel minimizou o dano no campeonato, já que seu principal rival e líder nos pontos, Lewis Hamilton, garantiu uma vitória confortável.

O resultado deixa Vettel 24 pontos atrás, mas o tetracampeão mundial disse que o resultado poderia ter sido pior.

"Tive sorte de poder pegar o carro [depois do contato] e, felizmente, não tive um furo no pneu. A equipe me disse imediatamente que os pneus estavam bem.”

"Eu tive a sensação de que o carro estava bem e fui até o final."

Próxima Fórmula 1 matéria
As imagens da vitória fácil de Hamilton na Hungria

Previous article

As imagens da vitória fácil de Hamilton na Hungria

Next article

Alonso admite que ultrapassagem de Grosjean foi justa

Alonso admite que ultrapassagem de Grosjean foi justa
Load comments