Vettel não esperava diferença tão grande sobre Mercedes

compartilhar
comentários
Vettel não esperava diferença tão grande sobre Mercedes
Giacomo Rauli
Por: Giacomo Rauli
14 de abr de 2018 12:47

Alemão colocou mais de meio segundo em cima de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton durante Q3

Polesitter Sebastian Vettel, Ferrari
Polesitter Sebastian Vettel, Ferrari, second place Kimi Raikkonen, Ferrari, third place Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1
Polesitter Sebastian Vettel, Ferrari
Polesitter Sebastian Vettel, Ferrari, second place Kimi Raikkonen, Ferrari, third place Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Polesitter Sebastian Vettel, Ferrari

Quando Sebastian Vettel estava no meio de sua última tentativa, a pole position do GP da China parecia destinada a ir para as mãos do companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, autor até então de um fim de semana quase perfeito, mas no último setor, o tetracampeão mudou as coisas.

A última parcial do alemão foi a mais rápida de todas, o que permitiu a ele largar na frente com 1min31s095, o que também significou a segunda pole position consecutiva.

No entanto, a pole de Vettel não estava clara no início do Q3, porque na primeira de suas duas tentativas ele parecia estar um passo atrás de Raikkonen.

"Na primeira volta do Q3 cometi um erro na curva 3 e depois também na curva 6”, explicou Vettel ao final da classificação. "Errei na aceleração, mas sabia que tinha um pouco mais e na última volta eu consegui dar tudo."

"Pude ir bem em todos os setores e sabia que tinha tudo em ordem para fazer esse tempo. Obviamente, sem saber o que os outros estavam fazendo, então eu tive que esperar.”

“Felizmente, desta vez a espera foi curta, porque fui o último a cruzar a linha. É um ótimo resultado para nós e estou muito feliz pela equipe, hoje o carro estava fantástico e lutar pela primeira fila é uma grande sensação, estou muito surpreso com a vantagem que tivemos com os rivais."

Valtteri Bottas foi o melhor Mercedes na classificação e vai largar em terceiro, mas ficou mais de meio segundo atrás do tempo da pole. Vettel disse que a diferença foi uma surpresa, mas ele espera uma "corrida difícil" entre a Ferrari, a Mercedes e Red Bull, que foram um pouco mais lentos que os alemães e ficaram com a terceira fila.

"Muitos pensavam que as baixas temperaturas de Xangai poderiam favorecer a Mercedes, mas a Ferrari mostrou que tirou proveito dos ultramacios na última parte da classificação, tendo uma vantagem importante."

"O frio não é tão ruim para nós, não é um problema, mas pode ser devido aos pneus, porque você tem que encontrar a janela correta de uso e também uma configuração apropriada. O vento aumentou durante a classificação. Percebemos as rajadas intensas e não foi fácil encontrar as sensações, mas quando o carro é muito rápido e tudo funciona, você tem muita confiança e isso ajuda."

"Estava frio e não esperava ser tão rápido à frente da Mercedes, nem com a Red Bull. As previsões falam de sol para a corrida e, provavelmente, o asfalto estará muito mais quente. Vamos ver como as coisas acontecem, mas acho que todo mundo vai estar muito perto amanhã." 

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Ericsson recebe punição de grid por infração no Q1

Previous article

Ericsson recebe punição de grid por infração no Q1

Next article

Hamilton diz que não entende ritmo da Mercedes na China

Hamilton diz que não entende ritmo da Mercedes na China

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da China
Localização Shanghai International Circuit
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Autor Giacomo Rauli
Tipo de matéria Entrevista