Vettel não pretende falar com Kvyat: "ele é quem deve falar"

Sebastian Vettel disse que não havia o que fazer em incidente na largada, quando foi tocado novamente por Daniil Kvyat; para alemão, russo é quem deve falar com ele se quiser abordar o assunto

Após o toque com Daniil Kvyat na largada do GP da China, quando ficou furioso e tirou satisfações antes mesmo da cerimônia do pódio, Sebastian Vettel se viu novamente em um incidente com o piloto russo.

Desta vez, no entanto, o prejuízo foi muito maior: o tetracampeão recebeu dois toques de Kvyat e foi para o muro na curva 3, abandonando a prova.Ainda sem saber quem tinha atingido a traseira da SF16-H, Vettel falou com a equipe pelo rádio e se mostrou furioso.

“Bati, estou fora. Alguém atingiu a p**** da traseira do carro na curva 2, depois alguém atingiu novamente a p**** da traseira na curva 3. Sério, que p**** é essa que estamos fazendo aqui?", disparou o tetracampeão.

Após ver as imagens do incidente, Vettel falou com a imprensa e, mais calmo, ressaltou não ter culpa alguma no que aconteceu em Sochi. "Ficou claro o que aconteceu, acabei de ver as imagens. Fui atingido na curva 2 e quase rodei, depois fui atingido de forma mais intensa na curva 3 e não pude evitar a batida no muro", disse.

"Esse tipo de situação acontece nas corridas, mas é algo desagradável. A corrida é longa, você até pode avançar na primeira volta, mas pode acabar com sua corrida ali - que foi o meu caso hoje. No entanto, não tive culpa alguma, não havia nada que eu pudesse fazer para mudar a situação", afirmou.

Sobre Kvyat, Vettel procurou não polemizar, mas deixou claro que não pretende conversar com o russo sobre o toque e destacou que se há alguém que precisa falar sobre o tema, esse alguém é o piloto da Red Bull.

“Não digo que não gosto dele, acho apenas que ele cometeu um erro há duas semanas e voltou a errar hoje. Parece-me óbvio isso, mas nada disso vai me ajudar, pois abandonei a prova. Como disse, não havia nada que eu pudesse fazer. Se há alguém que precisa dizer algo é ele", completou Vettel.

Em decorrência dos toques, Kvyat foi punido com um 'stop and go' de dez segundos. Ainda durante a prova, Vettel foi visto no posto da Red Bull no pitwall falando com Christian Horner, chefe do time austríaco.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Sebastian Vettel , Daniil Kvyat
Tipo de artigo Últimas notícias