Vettel neutraliza ‘nó tático’ da Mercedes e vence no Bahrein

Piloto alemão é surpreendido por estratégia de uma parada da Mercedes, mas resiste a ataques de Bottas e leva segunda no ano

A estratégia da Mercedes para Lewis Hamilton, de apenas uma parada após o britânico sair de nono, quase fez Valtteri Bottas vencer o GP do Bahrein neste domingo (8). Pole position, Sebastian Vettel caiu no blefe da Mercedes de parar mais cedo do que deveria. E quando o time alemão foi para os pits, colocou pneus médios nos dois carros para tentar ir até o fim, enquanto a Ferrari havia colocado pneus macios para Vettel fazer duas paradas.

Isso fez o time de Maranello assumir o risco de deixar Vettel na pista, enquanto Bottas o alcançava cada vez mais no fim da corrida. Mesmo com o final dramático, o piloto alemão se segurou e venceu sua segunda corrida nesta temporada – seu quarto triunfo no Bahrein.

Bottas conseguiu DRS apenas nas duas últimas voltas, mas não pôde chegar próximo suficientemente de Vettel, e teve que se contentar com o segundo lugar. 

Lewis Hamilton foi o terceiro depois de sair de nono. Ele fez a manobra de ultrapassagem da corrida, passando três carros ao mesmo tempo logo após um Safety Car Virtual no início.

Em quarto, Pierre Gasly marcou seus primeiros pontos da Fórmula 1 com uma prova bastante sólida. É o melhor resultado da Toro Rosso na F1 desde a vitória de Vettel em Monza em 2008. Kevin Magnussen foi o quinto com Haas, à frente de Nico Hulkenberg, da Renault.

Fernando Alonso foi o sétimo, à frente do parceiro Stoffel Vandoorne da McLaren, Marcus Ericsson, da Sauber, e Esteban Ocon, da Force India. 

O destaque da corrida aconteceu na volta 34, quando Kimi Raikkonen foi para os pits. O piloto foi liberado sem que um de pneus pneus fosse trocado. Mas o pior foi que o finlandês passou por cima da perna de um de seus mecânicos, que sofreu uma fratura séria e teve que ser levado para o hospital. Kimi foi obrigado a abandonar na saída do pit.

A Red Bull teve dia para esquecer. Seus dois carros abandonaram a prova com seis voltas completadas. Primeiro, Ricciardo saiu com problemas mecânicos. Depois, Verstappen foi obrigado a sair depois de furar o pneu em um toque com Hamilton. O holandês ainda foi ao pit, mas parou na pista na volta.

A corrida

Na largada, Vettel manteve a ponta enquanto Kimi perdeu o segundo lugar para Valtteri Bottas. Ricciardo, que se defendeu de Gasly na saída, acabou abandonando a corrida na segunda volta após um problema mecânico. Enquanto isso, seu companheiro, Max Verstappen, se tocou com Hamilton em uma tentativa de ultrapassagem na reta dos boxes e furou seu pneu traseiro esquerdo.

A retirada do carro de Ricciardo trouxe o Safety Car Virtual. Verstappen foi ao spits, mas quando voltou, teve problemas e abandonou parando sua Red Bull na pista.

O top-10 era Vettel, Bottas, Raikkonen, Gasly, Magnussen, Ocon, Hulkenberg Alonso, Hamilton e Hartley.

Após o Safety Car Virtual, Hamilton passou por Alonso, Ocon e Hulkenberg na reta dos boxes, e subiu para quinto. Duas voltas depois ele passou por Gasly, para ser o quarto.

As paradas se iniciaram na volta de número 18, com a Mercedes blefando e a Ferrari indo para os pits com Vettel e Raikkonen. Bottas entrou e colocou pneus médios, enquanto as Ferraris botaram pneus macios.

Tentando uma parada, Hamilton foi para a liderança, mas foi ultrapassado na volta 24 por Vettel. Duas voltas depois, ele foi para os boxes para tentar ir até o final de pneus médios.

Na volta 30, Vettel liderava à frente de Bottas, Raikkonen, Hamilton, Gasly, Hulkenberg, Alonso, Magnussen, Ocon e Ericsson.

Na volta 34, Raikkonen entrou nos pits e teve problemas. Um erro de um mecânico na roda traseira o fez retornar de maneira insegura, inclusive acertando a perna de um de seus mecânicos, que sofreu uma grave fratura na perna.

O fim foi dramático, com Bottas chegando cada vez mais a cada volta em Vettel.

A próxima etapa acontece na semana que vem, na China.

Confira o resultado da prova:

Pos.PilotoChassiMotorTempo
1 germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari -
2 finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 0.699
3 united_kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 6.512
4 france Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 1'02.234
5 denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 1'15.046
6 germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 1'39.024
7 spain Fernando Alonso  McLaren Renault 1 vt
8 belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 1 vt
9 sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 1 vt
10 france Esteban Ocon  Force India Mercedes 1 vt
11 spain Carlos Sainz Jr.  Renault Renault 1 vt
12 mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 1 vt
13 new_zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda 1 vt
14 monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 1 vt
15 france Romain Grosjean  Haas Ferrari 1 vt
16 canada Lance Stroll  Williams Mercedes 1 vt
17 russia Sergey Sirotkin  Williams Mercedes 1 vt
  finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 22 vts
  netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 54 vts
  australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 56 vts
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Tipo de artigo Relato da corrida