Vettel: "Quando conseguirmos andar, a velocidade estará lá”

Mesmo terminando penúltimo dia de testes em último, sem conseguir dar uma volta sequer, tetracampeão não se desanima

A Red Bull viveu seu dia mais fraco logo na penúltima sessão desta pré-temporada, com Sebastian Vettel sequer conseguindo completar uma volta e terminando em último. Mesmo reconhecendo que não sabe de quanto tempo a equipe precisará para resolver a série de problemas que vem tendo com o RB10, o tetracampeão confia que o carro é rápido.

“Obviamente não andamos muito, mas o pouco que fizemos foi muito promissor, então acho que, quando conseguirmos andar, a velocidade estará lá”, afirmou.

A decepção por não conseguir andar neste sábado contrastou com a evolução demonstrada na sexta-feira, quando Daniel Ricciardo somou 66 voltas e conseguiu dar a maior sequência da Red Bull nesta pré-temporada: 20 voltas.

Porém, um problema eletrônico e um vazamento acabaram com o dia de Vettel, que volta à pista no domingo. Na segunda-feira, a Red Bull também testará, queimando um dos dias de testes promocionais aos quais tem direito de acordo com o regulamento. Mesmo assim, o alemão não espera uma melhora repentina.

“É difícil dizer quanto tempo vai levar para encontrarmos a solução. Acho que algumas coisas têm a ver com o fato de que em duas semanas teremos muitas novas peças no carro. Fomos atrapalhados devido aos problemas que tivemos e porque as peças não ficam prontas de uma hora para a outra, então olhando por esse lado as coisas vão melhorar.”

Os problemas enfrentados por Vettel foram explicados pelo co-coordenador de engenharia de corrida, Andy Damerum.

“Dado como o carro se comportou na sexta-feira, estávamos antecipando um dia sólido para Seb, mas assim que ele saiu do box, houve um problema elétrico, o que o fez parar na pista. Trouxemos o carro de volta, identificamos o problema, que era algo que outras equipes também tiveram, mas que não afetaram seus carros, e consertamos.”

Porém, logo que Vettel tentou sair novamente, o carro parou antes mesmo de sair do pitlane. “Descobrimos um vazamento, o qual achávamos que podíamos consertar, mas ele acabou cansando tanto dano que não saímos novamente. É frustrante, mas o que temos de fazer é continuar resolvendo estes problemas.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias