Vettel reconhece que manter-se no topo é mais difícil

Alemão revelou que sentiu a pressão nas provas finais e foi duro lidar com rivais que "faziam de tudo para nos bater"

Sebastian Vettel reconheceu que conviver com a pressão das últimas etapas do Mundial deste ano não foi fácil. O alemão disse que vencer o campeonato pela terceira vez foi uma missão difícil depois de tantas conquistas e deu sua receita: focar no passo a passo.

“Disse depois da corrida [do Brasil] que o mais difícil é vencer depois que já venceu. Você tem a atenção e a pressão, e é normal que você foque em vencer novamente, ao invés do passo a passo que precisa para chegar lá”, explicou.

“Claro que há pressão, e você vai ficando cada vez mais tenso no final do ano, dependendo com quem briga para vencer o campeonato. Ganhamos o campeonato antes e neste ano também, então não quero ficar nos vangloriando, mas acho que fizemos algumas coisas certas.”

O alemão falou ainda sobre sua declaração logo após obter o tricampeonato, quando criticou as “táticas sujas” da Ferrari para tentar batê-lo.

“Não é nossa decisão e não está em nossas mãos quando os outros tenham literalmente de tudo para nos bater. Há alguns rumores, outras coisas são ditas ou acontecem no olho a olho, sem qualquer palavra. Não é fácil se manter focado com isso – é muito, muito duro. Mas o mais importante é focar em si mesmo e se manter o mesmo. Tentar ser alguém que você não é distrai e tira suas energias.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias