Vettel se emociona ao igualar Schumacher e chegar perto de Senna

compartilhar
comentários
Vettel se emociona ao igualar Schumacher e chegar perto de Senna
Por: Julianne Cerasoli
3 de nov de 2013 13:37

Alemão conquistou em Abu Dhabi a sétima vitória em sequência e está a quatro triunfos de emular brasileiro

Sebastian Vettel pode estar acostumado às vitórias, mas não segurou a emoção ao saber que está a quatro vitórias de alcançar o número de conquistas de Ayrton Senna e, com o sétimo triunfo em sequência conquistado no GP de Abu Dhabi, igualou o recorde histórico de Michael Schumacher e Alberto Ascari.

Quando perguntado sobre as marcas, o tetracampeão tentou segurar as lágrimas e se manteve em silêncio. “Não me torna mais campeão, mas é obviamente um choque quando esses nomes são mencionados. É claro que, em qualquer recorde mencionado, Michael está envolvido mas... não sei o que dizer. As pessoas veem as sete corridas, mas não percebem o desafio que é chegar a isso. Fizemos tudo certo: pit stops, confiabilidade, tudo precisa acontecer da maneira correta. Falando em números, eles não importam muito para mim, mas me dão muito orgulho porque quando você iguala algo ou chega perto de igualar alguns dos pilotos mais especiais da Fórmula 1, não acho que tenho idade suficiente para entender.”

LEIA MAIS:

Sobre a corrida, a alemão se disse surpreso com o ritmo que conseguiu imprimir em determinados momentos da prova. “O carro estava absolutamente brilhante. Estava voando em alguns momentos e consegui abrir uma diferença gigante, o que foi uma grande surpresa. Tenho de agradecer à equipe e à Renault também, pois muito de nosso sucesso se deve a eles, e tomara que ano que vem tenhamos um motor tão potente e confiável quanto este.”

Perguntado sobre o porquê de tamanha vantagem após a sétima vitória seguida, o alemão brincou. “Tenho controle de tração”, disse. “Esses pneus são muito difíceis, são muito sensíveis. É claro que ajuda quando você não está no tráfego, mas de alguma forma fomos pegando o jeito deles ao longo do ano, ouvindo-os e cuidando deles e conseguimos extrair mais performance que os outros, mas não acho que existe nenhum segredo.”

Vettel também se mostrou emocionado com a presença dos pais, que não costumam aparecer nas provas. “Passei a vida inteira correndo na frente deles quando era criança. É claro que agora os brinquedos são um pouco maiores e há mais gente assistindo, mas é muito especial para mim eles terem vindo. Amo-os muito e gostaria de dedicar esta vitória a eles. Eles me ensinaram muitas coisas boas e, quando tiver filhos, quero passar o mesmo tipo de coisa que eles passaram para mim.”

O alemão destacou ainda a presença de alemães e torcedores da Red Bull em Abu Dhabi, gerando um clima diferente das vaias recebidas há algumas provas.

“Fiz uns zerinhos novamente, mas não acho que vou ter punição, porque estacionei o carro direitinho no parque fechado. Foi incrível. O clima aqui é ótimo e há muitas pessoas nas arquibancadas. Vi várias bandeiras da Alemanha e percebo que cada vez há mais gente torcendo pela Red Bull e espero que continue assim nos próximos anos.”

Superado pelo companheiro na largada quando saía da pole e sem ritmo para acompanhá-lo, Mark Webber acabou brigando pelo segundo lugar com Nico Rosberg e seu deu melhor ultrapassando o alemão na pista. “Minha largada não foi muito boa, enquanto Nico teve uma largada inacreditável. Tivemos sorte que a reta não era longa, pois seria muito mais doloroso se estivéssemos em um lugar como Monza ou Malásia”, reconheceu o australiano.

“Acho que nosso primeiro stint não foi forte o suficiente e Seb conseguiu abrir uma boa vantagem antes de colocar os pneus médios. Depois disso, a corrida ficou muito boa para mim, mas ele já estava em outra categoria na frente e tive uma pequena batalha com Nico pelo segundo lugar”, resumiu o australiano, que se mostrou resignado por, pela segunda vez em três provas, ficar atrás de Vettel mesmo largando na frente. “Acho que ele está em um grande momento. Claro que estou tentando fazer meu melhor, mas ele está pilotando bem.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Massa não entende opção da Ferrari por pneus médios: "Custou o 5º lugar"

Previous article

Massa não entende opção da Ferrari por pneus médios: "Custou o 5º lugar"

Next article

Em segundo pódio seguido, Rosberg exalta boa fase da Mercedes

Em segundo pódio seguido, Rosberg exalta boa fase da Mercedes
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias