Vettel: “Sinto que decepcionei Ferrari em episódio em Baku”

compartilhar
comentários
Vettel: “Sinto que decepcionei Ferrari em episódio em Baku”
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Roberto Chinchero
13 de out de 2017 11:26

Com exclusividade ao Motorsport.com, alemão admite que ocorrido no Azerbaijão deixou sensação pior do que acidente em Cingapura

Sebastian Vettel, Ferrari
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H goes into the wall
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR12, Fernando Alonso, McLaren MCL32 and Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17 run wide to avoid Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, collide at the start
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H

Sebastian Vettel confessou que sente que decepcionou a Ferrari quando perdeu a cabeça em Baku e bateu rodas com seu rival na luta pelo título da F1, Lewis Hamilton.

Vettel esteve no centro de uma enorme controvérsia no GP do Azerbaijão, quando, após considerar que Hamilton havia freado repentinamente atrás do safety car, emparelhou com o piloto da Mercedes para expressar sua frustração.

Após colidir com Hamilton, Vettel recebeu uma punição de stop-and-go e, posteriormente, passou por uma investigação da FIA sobre seu comportamento – apesar de ter se livrado de qualquer penalização adicional.

Ao refletir sobre isso em entrevista exclusiva ao Motorsport.com, Vettel afirmou que se sentiu muito pior com o ocorrido em Baku do que com o acidente recente em Cingapura, apesar de o primeiro ter dado menos prejuízo na tabela.

“Acho que em Baku foi pior. Sinto que decepcionei a equipe, porque foi algo que eu fiz e que custou uma potencial vitória”, disse Vettel.

“O que aconteceu em Cingapura, para ser honesto, vejo que é uma corrida e isso acontece. Obviamente é uma infelicidade extrema, mas não sei quantos acidentes já tivemos em largada no passado e quantos haverá no futuro.”

“Se acontece de você estar no meio deles, sempre é ruim. Não há melhor forma de descrever. Aconteceu em um bom momento? Não. Há algum bom momento para isso acontecer? Provavelmente não.”

“Então, não importa. Aconteceu. Não podemos controlar. Precisamos nos concentrar naquilo que temos nas mãos e tentar focar nas coisas que podemos controlar.”

Próxima Fórmula 1 matéria
“Vettel precisa de um milagre para reagir”, avalia Rosberg

Previous article

“Vettel precisa de um milagre para reagir”, avalia Rosberg

Next article

Massa: troca de pilotos seria direção errada para a Williams

Massa: troca de pilotos seria direção errada para a Williams
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Entrevista