Vettel: "Ultrapassar é possível, mas só com algum risco"

Red Bull quer defender seu posto de líder do campeonato mundial de construtores de 2012 em Valência

Red Bull colocou seus dois pilotos no pódio em 2011

No ano passado ele não precisou ultrapassar, já que venceu de ponta a ponta, inclusive marcando a melhor volta da prova, mas Sebastian Vettel está ciente de que a situação da Fórmula 1 atual é diferente, e, com isso, prevê uma corrida complicada em Valência, próximo encontro da trupe da Fórmula, no próximo fim de semana.

"Em Valência nós pilotamos com uma média de mais de 200 km/h, o que significa que lá é um dos circuitos de rua mais rápidos da Fórmula 1. Ultrapassar é possível, mas só com algum risco", revelou Vettel. "A razão é que a turbulência do ar criada pelos carros, que ficam muito próximos uns dos outros, não desaparece como normalmente, pois os altos muros ao redor da pista complicam isso. Você perde aderência e, em alguns casos extremos, tem de levantar o pé do acelerador", completou.

Para seu companheiro Mark Webber, que também foi ao pódio na última edição da prova, ter noção de onde poderá ficar no quesito desempenho é complicado, tamanha a paridade do campeonato deste ano.

"Obviamente é muito difícil prever como podemos ir em Valência, pois vimos sete vencedores distintos e pódios bem diferentes. Nosso principal objetivo é melhorar as nossas posições em ambos os campeonatos, e eu sei que todos em Milton Keynes estiveram trabalhando muito duro entre as corridas", finalizou.

A Red Bull é a equipe líder do mundial de construtores com 164 pontos, 31 a mais que a McLaren, a segunda colocada. Na classificação de pilotos, Sebastian Vettel é o terceiro com 85 pontos e Mark Webber o quarto com 79.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias