Vettel vê Red Bull bem na Coreia, mas evita fazer previsões

Vencedor da corrida do ano passado quer manter o bom momento depois de ser o primeiro a vencer duas provas seguidas no ano

Em grande momento no campeonato, descontando 38 dos 42 pontos que Fernando Alonso tinha de vantagem antes do GP da Bélgica, há quatro etapas, e se tornando seu principal rival pelo título, Sebastian Vettel chega a um território favorável no circuito de Yeongam, na Coreia.

Em dois anos de disputa no traçado, o alemão marcou a pole em 2010 e liderava com tranquilidade antes do estouro de seu motor. No ano seguinte, saindo da primeira fila, venceu. Ouvido pelo TotalRace, o bicampeão reconheceu que a Red Bull se dá bem no traçado coreano. “Historicamente, sempre fomos muito competitivos aqui, mas praticamente todas as corridas deste ano foram imprevisíveis para definir o quão competitivos seremos. Obviamente, a meta é manter a boa fase que tivemos nas últimas corridas e tentar ir bem aqui”.

Isso acontece, de acordo com o alemão, pelas características da pista, mesmo que sejam um pouco incomuns. “Acho que tem a ver com a natureza da pista. Olhando para o traçado, você começa com muitas retas e terminar com curvas. É estranho se comparado com outros lugares porque normalmente é mais misturado”.

Contudo, apesar da boa fase, com vitórias nas últimas duas corridas, Vettel não se deixa levar e lembra que reviravoltas podem acontecer. “As últimas duas corridas foram boas mas, três provas atrás, não terminamos em Monza. As coisas podem mudar rapidamente, então precisamos manter o foco e nos concentrar no que temos”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias