Vettel vence mais uma, mas é Hulkenberg quem rouba a cena

Alemão da Sauber chega em quarto em prova marcada ainda pela recuperação de Raikkonen, segundo; Massa é nono

Em outra vitória dominadora de Sebastian Vettel, quem roubou a cena foi outro alemão: Nico Hulkenberg segurou Lewis Hamilton para ser quarto colocado no GP da Coreia, que teve as duas Lotus no pódio, com Kimi Raikkonen saindo de décimo para ser segundo. Felipe Massa fez uma prova de recuperação após rodar na primeira volta e terminou em nono.

Grosjean pulou bem e tirou a segunda colocação de Hamilton, mas Massa dividiu a terceira curva com Alonso, Hulkenberg e Raikkonen e acabou rodando, caindo para o 18º lugar. Ricciardo fez uma grande largada e subiu para o sétimo posto.

Raikkonen também fez uma boa primeira parte da prova, ultrapassando Ricciardo e Alonso nas primeiras nove voltas e subindo para o sexto lugar, depois de largar em nono. Na mesma volta, Hamilton foi o primeiro dos ponteiros a parar, assim como Alonso, que tinha dificuldades com o supermacio. Isso fez com que Grosjean respondesse para não perder a posição para a Mercedes, voltando à pista logo na frente do inglês, que não conseguiu superá-lo.

Vettel parou na volta 11, mas manteve-se na ponta, com Grosjean em segundo, seguido por Hamilton, Rosberg, Hulkenberg, Alonso (que retomou a posição em cima de Raikkonen ao parar antes), Kimi, Webber e Button. Massa pulou para 15º após as primeiras paradas.

Depois de sofrer com graining nos pneus, Alonso partiu para o ataque em cima de Hulkenberg, com Raikkonen e Webber logo atrás. Assim como seu companheiro, Massa ficou preso atrás da Sauber de Gutierrez, mas o brasileiro superou o mexicano na volta 22.

Na volta 26, Raikkonen antecipou sua segunda parada, tentando sair do tráfego de Hulkenberg e Alonso, que foi ultrapassado por Webber. Muito lento, Hamilton foi ultrapassado por Rosberg, que teve um problema com seu bico e teve de parar antes do previsto. A estratégia da Lotus deu certo e Kimi passou Hulkenberg e Alonso.

Uma falha no pneu de Perez provocou o Safety Car e Webber trocou duas vezes o pneu devido a um furo causado pelos destroços da McLaren. Quem se aproveitou foi Raikkonen, que pulou para terceiro. Assim, com 34 voltas, Vettel liderava seguido por Grosjean, Raikkonen, Hamilton, Hulkenberg, Alonso, Button, Rosberg, Maldonado e Ricciardo. Massa era o 14º.

Na relargada, Hulkenberg superou Hamilton e Sutil rodou e acertou Webber, que abandonou com sua Red Bull em chamas. O fogo trouxe o Safety Car novamente para a pista, momentos depois de Raikkonen passar Grosjean para ocupar o segundo posto,

Quando a corrida recomeçou novamente, Alonso foi para cima, mas não conseguiu passar Hamilton, em grande batalha. Em outra grande briga, Massa passou Maldonado e Gutierrez de uma vez para entrar na zona de pontuação.

Hamilton chegou a passar Hulkenberg, com sete voltas para o final, mas levou o troco e acabou exposto em relação a Alonso, com quem teve outra grande disputa e se manteve à frente. A briga se manteve até o final, mas a Sauber conseguiu o quarto lugar, em uma grande apresentação de Hulkenberg.

No final, Vettel venceu a quarta seguida, superando Raikkonen, Grosjean, Hulkenberg, Hamilton, Alonso, Rosberg, Button, Massa e Perez. Assim, na próxima prova, Vettel pode se sagrar campeão se vencer e Alonso não pontuar.

Confira o resultado após 55 voltas:

1. Sebastian Vettel (Red Bull-Renault) 1h43:13.701
2. Kimi Raikkonen (Lotus-Renault) + 4.2s
3. Romain Grosjean (Lotus-Renault) + 4.9s
4. Nico Hulkenberg (Sauber-Ferrari) + 24.1s
5. Lewis Hamilton (Mercedes) + 25.2s
6. Fernando Alonso (Ferrari) + 26.1s
7. Nico Rosberg (Mercedes) + 26.6s
8. Jenson Button (McLaren-Mercedes) + 32.2s
9. Felipe Massa (Ferrari) + 34.3s
10. Sergio Perez (McLaren-Mercedes) + 35.1s
11. Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) + 35.9s
12. Vatteri Bottas (Williams-Renault) + 47.s0
13. Pastor Maldonado (Williams-Renault) + 50.s0
14. Charles Pic (Caterham-Renault) + 1:03.5s
15. Giedo van der Garde (Caterham-Renault) + 1:04.5s
16. Jules Bianchi (Marussia-Cosworth) + 1:07.9s
17. Max Chilton (Marussia-Cosworth) + 1:12.9s

Volta mais rápida: Vettel, 1:41.380

Abandonaram

Jean-Eric Vergne (Toro Rosso-Ferrari) 53 voltas
Daniel Ricciardo (Toro Rosso-Ferrari) 52 voltas
Adrian Sutil (Force India-Mercedes) 50 voltas
Mark Webber (Red Bull-Renault) 41 voltas
Paul Di Resta (Force India-Mercedes) 29 voltas

 

 

 

 

 

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Tipo de artigo Últimas notícias