Vettel: Vitória em Abu Dhabi prova superioridade da Mercedes

compartilhar
comentários
Vettel: Vitória em Abu Dhabi prova superioridade da Mercedes
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
1 de dez de 2017 19:33

Para tetracampeão da Fórmula 1, Ferrari deverá trabalhar muito em 2018

Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H

Sebastian Vettel terminou em terceiro em Yas Marina, mas em momento algum teve condições de ameaçar Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, primeiro e segundo colocados no GP de Abu Dhabi respectivamente.

A Ferrari teve uma das suas temporadas mais competitivas nos últimos anos, com Vettel igualando as cinco vitórias conquistadas por Fernando Alonso em 2010, quando também foi vice-campeão.

Mas, embora Vettel valorize as coisas positivas, sabe que a Ferrari tem muito que melhorar em todos os aspectos, especialmente na qualificação, para poder lutar pelo título em 2018.

"O carro não era bom o suficiente, mas acho que as coisas positivas superam as decepções que tivemos ao longo do ano", disse.

"Não devemos nos esquecer de onde ficamos há doze meses e a conquista incrível que conseguimos durante o inverno deste ano. Melhoramos o carro e o motor ao longo da temporada, com muito trabalho".

"Mas, em geral, como vimos no domingo, eles nos superaram de maneira justa e não conseguimos nos aproximar na qualificação e corrida, então obviamente há muito espaço para melhorarmos".

As opções de título para a Ferrari desapareceram na turnê asiática com os problemas seguidos de Cingapura, Malásia e Japão, mistura de erros e problemas de confiabilidade.

Vettel admitiu que a Mercedes foi "mais consistente" e que fizeram um trabalho melhor ao longo da temporada.

"Você tem que ser justo e, no final, a Mercedes foi melhor, eles foram os mais rápidos. Veja a quantidade de poles e vitórias que conseguiram", explicou.

"Penso em corridas como a do Bahrein, onde estávamos perto de falhar. Ganhamos a corrida na Hungria, que não deveríamos ganhar com o problema no volante durante a prova".

"Nós terminamos as corridas que poderiam ter sido abandonadas e, por outro lado, tínhamos corridas que não terminamos. É obviamente amargo porque te impede de lutar".

"Essa é a coisa frustrante sobre essas corridas, mas faz parte da competição. No final, fizemos o nosso trabalho".

"Se continuarmos fazendo isso, tenho certeza de que podemos estar em um lugar melhor no próximo ano".

Próxima Fórmula 1 matéria
Chefe diz que Honda necessitava de mudança de time

Previous article

Chefe diz que Honda necessitava de mudança de time

Next article

VÍDEO: Veja o conceito da Alfa Romeo Sauber F1 Team

VÍDEO: Veja o conceito da Alfa Romeo Sauber F1 Team
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias