Vice, Rosberg festeja: "fui capaz de controlar Lewis"

Com a segunda vitória no Brasil e a 13° na carreira, alemão comemora boa fase e quer mais em Abu Dhabi

Nico Rosberg conquistou nesta tarde a segunda vitória em Interlagos, quinta no ano e a 13° da carreira. De quebra assegurou o vice-campeonato também pelo segundo ano consecutivo. Prêmio de consolação? Não para ele, que comemorou muito ao final da prova.

"Foi um grande fim de semana para mim, conseguir a segunda vitória aqui foi incrível, estou muito feliz."

Ele também exaltou a força de seu companheiro de equipe, obviamente, o mérito em batê-lo.

"Lewis Hamilton me colocou em um bom desafio, mas fui capaz de controlá-lo e nunca dei uma chance."

"No final, tentei manter o foco; você tem que manter tudo sob controle e não cometer erros."

Questionado sobre a questão dos pneus e também sobre a mudança de estratégia da equipe, que planejou duas e não três paradas, Rosberg acabou culpando Hamilton.

"É uma questão de administrar a corrida. Havíamos planejado uma prova de duas paradas e a maneira que Lewis estava correndo, fazia com que seus pneus morressem após algumas voltas."

"Não há nesse mundo você fazer uma corrida de duas paradas competindo dessa maneira. E isso nos forçou a mudar a estratégia para fazer três pits stops"

"É sempre uma questão de administrar pneus e ritmo. Eu estava controlando isso."

Para quem acha que o gás do filho de Keke Rosberg acabou, se enganou. Segundo ele, o espírito se mantém para a próxima etapa no dia 29 de novembro.

"Você trabalha muito duro, Lewis esteve à frente durante todo o campeonato e sempre tentamos alcançá-lo. Estamos bem agora e vamos tentar a vitória em Abu Dahbi"

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Sub-evento Domingo pós-corrida
Pista Interlagos
Pilotos Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias