Vice, Rosberg promete voltar mais forte na próxima temporada

Alemão teve corrida recheada de problemas, mas preferiu reconheceu a superioridade de Hamilton: "Melhor do ano"

Nico Rosberg teve uma das corridas mais difíceis da temporada justamente quando tinha a chance de vencer o campeonato da Fórmula 1 pela primeira vez. O alemão largou mal e sofreu com falta de potência e problemas eletrônicos a partir da metade da prova, terminando apenas em 14º.

A equipe chegou a querer abandonar a prova, mas Rosberg decidiu ir até o final. Porém, o alemão preferiu não culpar os próprios problemas pelo vice-campeonato, reconhecendo o trabalho do campeão Lewis Hamilton, que venceu a prova.

[publicidade] “Estou muito desapontado. Eu tinha a chance de ser campeão, era uma ocasião especial. Mas não funcionou, e no final das contas minha corrida não fez diferença porque o Lewis andou muito bem e dominou a corrida. Não queria colocar a culpa no problema que eu tive, ele mereceu o campeonato.”

O alemão cumprimentou o campeão Hamilton antes mesmo do inglês subir ao pódio e reconheceu o ótimo campeonato do companheiro.

“Ele foi um pouco melhor o ano todo, foi o melhor piloto no grid. Tivemos uma grande batalha e é para isso que eu corro, para ter uma batalha delas, tenho muito orgulho de estar aqui nesse momento junto com a equipe.”

Decidindo o campeonato pela primeira vez na Fórmula 1, Rosberg se disse satisfeito com a experiência. “Esse final de semana foi uma grande experiência para mim, tive muito apoio, eu nunca tinha vivido algo assim. Havia muitos britânicos aqui e foi legal que todos tenham reconhecido meu trabalho e me respeitado e fico muito feliz com isso.”

Agora, o foco do alemão se volta para a próxima temporada, quando tudo indica que a Mercedes vai manter-se em vantagem em relação aos concorrentes, na promessa de mais um ano de disputa entre ele e Hamilton.

“Tem muitas coisas que posso melhorar. Preciso trabalhar melhor nas corridas, pois tenho sido mais rápido que Hamilton nos últimos dois anos em termos de classificação. Vou trabalhar, vou achar esse extra de corrida e será outro grande ano novamente. Entendo o que está acontecendo, é fácil melhorar, preciso encontrar aquele ponto extra. Vou descobrir exatamente e lutar por isso.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias