Villeneuve detona Kvyat: Merece ficar em casa

Russo deveria ser retirado de seu assento da Toro Rosso, mesmo que temporariamente, por conta das recentes atuações, diz campeão de 1997

Daniil Kvyat bateu em seu companheiro de equipe, Carlos Sainz Jr, durante o GP da Grã-Bretanha, após sair da curva Becketts e voltar à pista, quando o espanhol estava ao seu lado.

O incidente tirou Sainz da corrida e, embora Kvyat continuasse com um carro danificado, ele recebeu um drive-through por voltar à pista de maneira perigosa.

Kvyat disse que sentiu que Sainz poderia ter ajudado a evitar a colisão se tivesse visto a situação melhor, com o espanhol dizendo que preferiria discutir o assunto em particular com a equipe, em vez de dar sua opinião em público.

"Não tenho certeza do que Kvyat está tentando fazer", afirmou o campeão de 1997, Jacques Villeneuve ao Motorsport.com. "Você sabe qual é o pior? Ele vir ao rádio tentando culpar o companheiro de equipe, pensando que ninguém viu."

"Isso mostra uma atitude ruim. Ele merece ficar em casa. Ficou embaraçoso."

"Ele tem que ficar em casa um pouco para que possa pensar sobre isso, porque não é o primeiro fim de semana. Talvez a F1 seja muito rápida para ele, não sei."

A batida veio uma corrida depois que foi punido com um drive-through, após incidente com Fernando Alonso, no início do GP da Áustria.

Quando perguntado se sentia que os comissários estavam exagerando, Kvyat respondeu: "Eu acredito que sim."

Mas Villeneuve acha que essa é a abordagem errada para assumir a situação.

"Se você continuar apontando o dedo, então você nunca aprende", disse ele. "Você sempre deve se culpar, mesmo que não seja culpa sua, é a única maneira de se melhorar."

"Quando a culpa é sua claramente, a atitude de tentar culpar qualquer outra pessoa se torna patética."

Por Lawrence Barretto

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias