Vivendo seu melhor ano na F-1, Kobayashi sofre para se garantir no grid

No twitter, japonês fala da dificuldade em permanecer na F-1 no ano que vem, já que Sauber deve escolher outro piloto

Kobayashi dificilmente ficará na Sauber

Mesmo chamando certa atenção desde sua estreia na Fórmula 1, Kamui Kobayashi nunca havia tido resultados tão bons como em 2012. Foi nesse ano que ele conseguiu pela primeira vez largar entre os três primeiros – e o fez por três vezes –, conquistou seu primeiro pódio, fez sua primeira volta mais rápida e conquistou o maior número de pontos da carreira. Mesmo perdendo o duelo interno na equipe, tudo isto seria motivo suficiente para deixar o japonês feliz, se não fosse pela incerteza em relação a seu futuro.

Praticamente descartado da Sauber, que deve ficar com a dupla Gutierrez e Hulkenberg, Kobayashi vem tendo dificuldade em encontrar outra vaga, já que ele não conta com fortes patrocinadores.

Essa semana, o japonês comentou a situação no twitter: “Estou indo para minhas últimas quatro corridas na temporada e tentarei fazer o melhor possível. Infelizmente, meu plano para o ano que vem ainda não está certo, mas tentarei meu melhor”, disse, para logo em seguida indicar o grau de dificuldade de sua situação atual. “Tentarei continuar com meu sonho (de correr na F1). Sinto que o muro é bem alto, mas isso me dá a oportunidade de me tornar ainda mais forte”, refletiu o piloto, que em seguido tocou no assunto financeiro. “Um dia, se eu precisar da ajuda de patrocinadores, será muito útil. E, por favor, continuem me apoiando, pois isso ajuda muito”, pediu a seus seguidores.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias