Voltando ao palco da estreia, Grosjean vê Lotus bem em Valência

Francês acredita que o calor espanhol possa beneficiar o E20, a exemplo do que aconteceu em Montreal

Grosjean é sétimo colocado no mundial

Romain Grosjean está embalado para a próxima corrida da temporada, o GP da Europa, em Valência. Isso, não apenas pelo pódio na última corrida, no Canadá, como também por voltar ao palco de sua primeira corrida na F-1, há três anos.

O francês substituiu Nelsinho Piquet na mesma equipe de Enstone, na época chamada Renault, e não teve um final de semana dos mais fáceis: largou em 14º e terminou em 15º, ao passo que seu companheiro na época, Fernando Alonso, foi o sexto colocado. Mas Grosjean afirmou ao TotalRace que guarda boas lembranças da pista.

“Normalmente, as temperaturas em Valência são muito boas. Gosto muito daquela pista, é onde eu fiz minha estreia na F-1 em 2009. Tenho boas lembranças e espero que o carro case bem com a pista.”

Na época de GP2, Grosjean correu em três oportunidades no circuito de rua de Valência: ou foi ao pódio, com um terceiro e um primeiro lugares, ou abandonou. Até agora, sua primeira temporada completa na F-1 tem sido semelhante: quando não chegou pelo menos entre os seis primeiros, ficou pelo caminho.

Após o segundo lugar em Montreal, seu melhor resultado na carreira, o francês já havia admitido que as altas temperaturas foram um dos fatores mais importantes para que sua Lotus se sobressaísse.

“Acho que fomos ajudados pelas temperaturas mais altas, é algo que nos ajuda bastante. Mas também aprendemos bastante sobre o comportamento do carro em outras condições, na sexta e no sábado, e espero que isso nos ajude no restante da temporada.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias