"Vou para ganhar em Abu Dhabi", garante Lewis Hamilton

Mesmo podendo ser bicampeão com um segundo lugar, inglês não quer saber de dar sopa para o azar na etapa final

Muita gente acredita que Lewis Hamilton correu com ‘o regulamento debaixo do braço’ no GP do Brasil, aproveitando a vantagem que tem no campeonato para não arriscar e terminar a prova em segundo. Porém, o inglês, que não precisa vencer o GP de Abu Dhabi para ser campeão, garante que vai mudar de postura na etapa final.

[publicidade] O motivo? A pontuação dobrada da última etapa. “O nível de conforto é zero chegando na última corrida. São 50 pontos em jogo – isso nunca aconteceu na história, tinha que ser nessa temporada”, disse. “Na última corrida você nunca sabe o que vai acontecer, então vou para ganhar.”

Com 17 pontos de vantagem para Nico Rosberg, o inglês será campeão com um segundo lugar, mesmo se o companheiro de Mercedes vencer.

Contudo, mesmo antes do final do campeonato, Hamilton já se vê vencedor em um quesito: cuidado com os pneus. O inglês sempre foi tido como um piloto agressivo, mas demonstrou em várias etapas, como no último final de semana, em Interlagos, que pode conservar seu equipamento.

“As pessoas no decorrer dos anos sempre disseram que eu uso muito os pneus – mas estou mostrando que utilizo meus pneus melhor do que qualquer um contra quem já corri. Então tomara que as pessoas possam ver isso.”

Combinações de resultado que dão o título a Hamilton em Abu Dhabi:

- Se Rosberg vence, Hamilton deve terminar em segundo

- Se Rosberg é segundo, Hamilton precisa ser pelo menos quinto

- Se Rosberg é terceiro, Hamilton precisa ser pelo menos sexto

- Se Rosberg é quarto, Hamilton precisa ser pelo menos oitavo

- Se Rosberg é quinto, Hamilton precisa ser pelo menos nono

- Se Rosberg é sexto, Hamilton é campeão
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias