Webber admite que será difícil achar o momento certo de parar

Australiano, que deve ser o mais velho do grid em 2013, diz ter medo tanto de parar cedo, como tarde demais

Webber diz ter experiência de sobra hoje

Com a aposentadoria definitiva de Michael Schumacher e a provável saída da HRT de Pedro de la Rosa, o australiano Mark Webber tem tudo para ser o piloto mais velho da Fórmula 1 em 2013. Webber, de 36 anos, sabe que a hora de se aposentar não está longe, mas confessa que não será fácil escolher o momento certo de se retirar da categoria.

"Certamente será um momento muito difícil, não há dúvida sobre isso. A principal questão é achar o tempo certo de parar. Não desligar muito cedo, sabendo que tinha mais a dar de si mesmo; nem sair tarde demais, perdendo a capacidade de ser rápido o suficiente ou mesmo de fazer coisas que você costumava  conseguir. Isso pode se tornar um problema também”, refletiu o piloto da Red Bull em entrevista à revista GP International.

Em 2012, Webber venceu os GPs de Mônaco e Silverstone e ficou próximo de Vettel até a metade do campeonato. No final, no entanto, perdeu rendimento e terminou apenas na sexta colocação no campeonato, enquanto o companheiro foi o campeão. Mesmo assim, o australiano acredita que ainda há muito a oferecer à F1.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias