Webber desmente que segurou concorrentes para beneficiar Vettel

De acordo com o australiano, especulações de que retardou o ritmo de propósito são uma "bobagem absoluta"

Mark Webber à frente do pelotão

Vencedor da prova desse fim de semana em Mônaco, Mark Webber negou as especulações que ele teria atrasado deliberadamente alguns carros para que seu companheiro de Red Bull Sebastian Vettel ganhasse posições durante a prova.

Por ter largado com pneus macios (os mais duros para o GP de Mônaco), Vettel retardou sua parada ao máximo. Enquanto isso, Webber, segundo colocado àquela altura, adotou ritmo mais lento que o de seu companheiro após sua primeira parada.

Mas o vencedor da corrida monegasca desmente todas as acusações. "Eu escutei de algumas pessoas após a corrida que eu retardei Nico, Fernando e a McLaren de Lewis Hamilton, que estavam atrás de mim, para ajudar meu companheiro de equipe Sebastian Vettel a ganhar algumas posições. Mas isso é bobagem absoluta. Você simplesmente não consegue fazer isso em Mônaco", revelou Webber em sua coluna na BBC.

"Sebastian ficou sem pneus e teve que parar nos pits porque  nós estávamos ficando mais rápidos, mas se ele tivesse conseguido, estaria brigando pela vitória."

Por fim das contas, tal estratégia da Red Bull acabou por beneficiar Vettel, que conseguiu ganhar as posições de Hamilton e Massa e terminou a prova em quarto, não deixando o líder do Mundial Fernando Alonso se distanciar muito na ponta.

A vitória de Webber o colocou em pé de igualdade com Vettel no quesito pontos no campeonato. O australiano está empatado com o alemão em 73, mas perde nos quesitos de desempate.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias