Webber diz que Vettel e ele estão livres para disputar posições

compartilhar
comentários
Webber diz que Vettel e ele estão livres para disputar posições
Por: Bruno Vicaria
21 de jul de 2011 12:26

Questionado pelo TotalRace, australiano dá resposta positiva e "joga a responsabilidade" para cima do chefe Christian Horner

Mark Webber e Christian Horner: papo rápido depois do GP britânico

Um dos centros das atenções desta quinta-feira em Nurburgring foi Mark Webber e as conversas em torno do que aconteceu na corrida passada, em Silverstone.

Todos os jornalistas, sem exceção, queriam saber do australiano como foi a conversa com a Red Bull nos dias seguintes ao GP da Grã-Bretanha. E Webber contou que tudo se resumiu em um papo rápido.
 
"Conversamos, eles colocaram o ponto deles e o meu. Foi rápido. Ambos pudemos ver como ficamos nesta posição. Ele fez pela equipe, que é o interesse deles, eu queria ganhar uma posição, estava afim de melhorar, foi o que aconteceu."
 
O australiano não nega a insatisfação com o caso e, afirmou que se ele fosse o segundo colocado, a abordagem do time seria a mesma e, em sua opinião, os três pontos podem fazer diferença no fim do ano. "Se fosse a ordem invertida, seria tratada da mesma forma. 
 
"Estava tentando mais três pontos. É fácil para ele que parássemos de lutar. No fim do ano vamos ver se esses três pontos farão falta. Como piloto, você está aqui para lutar e melhorar sua posição. Minha reação foi clara, era o que eu queria fazer, é bem o instinto. Estou aqui para conseguir o melhor resultado possível".
 
Perguntado pelo TotalRace se ele e Sebastian Vettel estão liberados para correr, a resposta de Webber foi positiva: "Podemos correr, como foi nos últimos anos. Você pode perguntar a Christian [Horner] como ele vai se sentir se a situação acontecer de novo."
 
Por fim, o australiano comentou sobre as expectativas para a corrida deste fim de semana: "Estou confiante. É uma boa pista que gosto muito. Teremos umas decisões-chave nos treinos por conta dos pneus e do clima, e a classificação será essencial. Sabemos que podia acontecer tudo."
 
"Sempre gosto de pilotar aqui e não vejo motivos para não andar bem. O clima será interssante, mas igual para todos. Fomos muito bem em 2009. Vamos ver se conseguimos ser competitivos em todas as pistas. Claro, o Fernando [Alonso] ganhou o último GP e é sempre rápido."
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Nurburgring)
Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso sobre a Ferrari: "tudo o que inventam agora funciona"

Previous article

Alonso sobre a Ferrari: "tudo o que inventam agora funciona"

Next article

FIA divulga mais detalhes sobre motores V6 turbo de 2014

FIA divulga mais detalhes sobre motores V6 turbo de 2014

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias