Webber explica bom momento com uma única palavra: confiança

Vice-líder, australiano renasce das cinzas depois de um 2011 para esquecer: após nove etapas, estava a 80 pontos de Vettel

Completadas nove etapas no Mundial de 2011, Mark Webber estava a 80 pontos do líder e companheiro Sebastian Vettel, algo incomum para quem sempre andou perto do alemão das outras duas temporadas em que havia dividido a equipe Red Bull com o atual bicampeão do mundo. Um ano depois, o australiano sai do mesmo GP da Grã-Bretanha com 16 pontos de vantagem para Vettel e justifica tamanha diferença de uma temporada para a outra com um único ingrediente: confiança.

“Acho que a pausa de inverno foi muito boa para mim e meu foco era curtir o início da temporada e tirar o máximo de minha pilotagem novamente, o que estava nas minhas mãos, com minha motivação e o espírito com que encarava meu trabalho e a equipe.”

Para o atual vice-líder do campeonato, do alto de sua experiência de 10 temporadas completas da F-1, manter a cabeça em ordem é especialmente importante quando se lida com um grid tão competitivo.

“Queria manter minha motivação para momentos como este, que são mais desafiadores. Para fazer isso, é só você lembrar de como gosta de pilotar o carro. É isso que estou fazendo no momento, estou realmente curtindo meu trabalho.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias