Webber: nervoso, animado e apreensivo para a corrida

Vencedor da última corrida de 2011, australiano evita favoritismo e quer esperar até a corrida da Malásia para ver como estão

Webber e Vettel: os homens a serem batidos

Correr em casa é sempre especial para qualquer piloto. E correr em casa logo na primeira etapa do campeonato  e ainda com chances de vitórias é ainda melhor.  Mas Webber coloca o pé no chão e evitar falar de favoritismo da Red Bull, equipe dominadora dos últimos anos da Fórmula 1.

Quando perguntado se estava nervoso, animado ou empolgado para o Grande Prêmio da Austrália, Webber foi direto durante a entrevista coletiva desta quinta-feira em Melbourne que o TotalRace estava presente:

"Provavelmente um pouco de tudo isso", disse. "Acho que há um pouco de ferrugem em todas as equipes, mas esperamos durante nove semanas esse momento e já não estamos aguentando mais falar sobre quem está fazendo o que, e essas coisas. Estamos cansados de falar sobre isso. Quero é chegar na pista e acelerar fundo”, disse o australiano de 35 anos que está em seu 11o ano na F-1.

Webber também elogiou o carro na pré-temporada, mas prefere esperar os resultados das duas primeiras corridas para dar um veredito mais sincero sobre o RB8.

"Tivemos um inverno muito bom, a equipe trabalhou duro, por isso estamos ansiosos para ver como nós iremos nos comportar neste fim de semana, e claro, no da Malásia também, que é logo em seguida. Temos duas grandes corridas para ver qual é o retrato real do desempenho de nossos carros. Sinto que será ótimo, mas a McLaren, Ferrari, Lotus e Mercedes possuem  pilotos excelentes, por isso será bem emocionante e difícil ver quem poderá se sair melhor".
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias