Whitmarsh admite que McLaren tem dificuldade para ler corridas

Chefe da equipe, por outro lado, afasta chance de Hamilton não renovar por rendimento ruim: "Ele é mais esperto que isso"

Button e Hamilton tiveram um fim de semana para esquecer em Silverstone

Enfrentando sua pior sequência no campeonato – somou quatro pontos em Valência e cinco correndo em casa, na Grã-Bretanha – a McLaren caiu para o quarto lugar no Mundial de Construtores, atrás de Ferrari e Lotus. O chefe da equipe, Martin Whitmarsh, reconheceu ao TotalRace que o time vem tendo dificuldade para ler as corridas.

“Não há mágica. Estamos trabalhando em melhorar o carro e compreender as condições. É muito complicado, pois éramos muito fortes no primeiro stint com o pneu duro e, quando colocamos outro jogo cerca de 15 minutos depois, ele respondeu de maneira completamente diferente, mesmo que estivesse com as mesmas pressões e temperaturas. É muito desafiador”, revelou o dirigente, referindo-se à corrida de Hamilton, que perdeu rendimento na parte final.

Perguntado se o piloto vai pensar duas vezes antes de decidir ficar devido à atual forma da equipe após o resultado ruim, Whitmarsh foi direto. “Não, acho que ele é mais esperto do que isso. Acredito que ele queira ficar nesta equipe e ele sabe que as corridas são feitas de altos e baixos e esse momento não é o nosso melhor. Há quatro semanas, a situação era completamente diferente e pode mudar daqui a duas. Ele e eu sabemos disso.”

Whitmarsh afirmou que a equipe deve crescer com esse tipo de resultado. “Somos disciplinados o bastante para aprender desse tipo de final de semana. Às vezes se aprende mais desses do que daqueles em que se vence. Vamos continuar desenvolvendo o carro e esperamos melhorar.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias