Whitmarsh diz que liberação de Lowe não teve nada a ver com Honda

compartilhar
comentários
Whitmarsh diz que liberação de Lowe não teve nada a ver com Honda
Por: Gabriel Lima
21 de mai de 2013 15:39

Dirigente afasta boatos de que teria sido obrigado a liberar ex-diretor técnico por novo acordo de fornecimento de motores

Paddy Lowe e Jenson Button

Martin Whitmarsh afastou os boatos de que teria sido obrigado a liberar Paddy Lowe – ex-diretor técnico da McLaren, já de contrato assinado com a Mercedes – após ter assinado acordo para ter os motores Honda a partir de 2015.

“Paddy foi muito leal a nós por aqui”, falou o dirigente do time de Woking. “Sentimos que seria a coisa certa liberá-lo e não acho que precisemos discutir mais este assunto.”

Lowe deverá começar na equipe alemã das flechas de prata no dia 3 de junho. Paddy anunciou sua saída da equipe McLaren em fevereiro. O primeiro acordo entre as duas partes dizia que o engenheiro deveria começar a trabalhar na Mercedes apenas no início de 2014.

“Não está relacionado ao acordo com a Honda”, assegura Whitmarsh.

“Os acordos com a Honda e com a Mercedes já haviam sido feitos, então não tínhamos pressão. Foi nossa decisão e esperamos que isso crie um clima bom. Parecia a coisa certa a se fazer. Paddy é um cara legal. Ele escolheu um caminho e não queríamos segurá-lo desnecessariamente.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Sutil sobre Mônaco: "Você tem de respeitar muito os muros"

Previous article

Sutil sobre Mônaco: "Você tem de respeitar muito os muros"

Next article

"Não vamos cometer os erros do ano passado", diz Räikkönen

"Não vamos cometer os erros do ano passado", diz Räikkönen
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias