Whitmarsh: “queríamos que a corrida fosse um pouco mais longa”

compartilhar
comentários
Whitmarsh: “queríamos que a corrida fosse um pouco mais longa”
Por: Julianne Cerasoli
23 de mai de 2011 08:59

Chefe da McLaren explica a importância de usar pneu duro por menos tempo possível para acertar a estratégia no GP da Espanha

Whitmarsh elegiou a estratégia de Jenson Button

O chefe de equipe da McLaren, Martin Whitmarsh, elogiou as decisões estratégicas do time durante o GP da Espanha. Depois de largarem em terceiro e quinto, respectivamente, Lewis Hamilton e Jenson Button chegaram ao pódio.

“Nossa ideia com ambos os pilotos era maximizar o tempo em que ficariam com o pneu macio, porque sabíamos que o duro era muito lento. Fizemos isso em todos os momentos possíveis para ficarmos, ao final da prova, com pneus mais novos. Na corrida, o composto duro era provavelmente 1s mais lento. Então, se você fica dez voltas a mais que os rivais com ele, está dando dez segundos de graça.”

Dentro desse cenário, Hamilton parou cinco voltas depois de Vettel no segundo pit stop. Nos stints seguintes, já marcando o alemão de perto, foi para os boxes sempre na volta seguinte a qual o piloto da Red Bull trocara seus pneus. Para Whitmarsh, a tática não deu certo por pouco.

“Vimos que os pneus de Webber se foram e acho que, por pouco, os de Sebastian não se acabaram também. Se a corrida tivesse algumas voltas a mais... Acho que ele foi ajudado pelos retardatários, porque podia ganhar tempo com a asa traseira e se defender de nós, o que foi uma pena.”

Já a opção de parar três vezes com Buton foi tomada depois que o inglês largou mal e perdeu cinco posições.

“Depois que ele caiu para décimo na primeira volta, vimos que era melhor fazer três paradas, porque se perde muito tempo ultrapassando carros. Na primeira parada, ele estava 20s atrás do líder, então a estratégia, a escolha dos momentos de parar e o trabalho de Jenson com os pneus foram corretos.”

O dirigente comentou ainda sobre a importância de economizar pneus na classificação para usá-los na corrida.

“Havia a ideia de que, se você tivesse pneus novos, eles renderiam melhor. Não vejo isso. O que acontece é que a vida útil deles é maior em três ou quatro voltas.”

Next article
Pirelli se defende e garante que novo pneu dura até 14 voltas a mais

Previous article

Pirelli se defende e garante que novo pneu dura até 14 voltas a mais

Next article

Embalada, Renault quer aproveitar fase em Mônaco

Embalada, Renault quer aproveitar fase em Mônaco
Load comments