Whitmarsh reafirma dificuldade financeira dos times da F-1

Mas reverencia o trabalho de Bernie Ecclestone em tentar contornar a situação e manter a categoria rentável

O chefe da equipe McLaren e presidente da Associação das Equipes de Fórmula 1, FOTA em inglês, disse que o futuro das equipes será muito duro.

Com problemas financeiros globais, equipes vêm se apertando no laço monetário, tendo algumas, inclusive, se não falindo, como o caso da HRT, vendendo ambas suas vagas para pilotos pagantes, como fizeram recentemente a Marussia e a Caterham.

"Será difícil", disse Whitmarsh à rede de TV BBC. "Estamos no mundo das propagandas, e você tem que ver como a publicidade é mundial. As taxas estão baixas, temos tomados algumas medidas, mas acho que vai ser muito difícil para alguns", completou.

Martin ainda disse que é esperado que alguns times tenham que sofrer "em ter um negócio rentável por poucos anos".

Todavia, Whitmarsh elogiou a posição do chefe supremo da categoria, que vê o lado dos donos de equipe, tentando sempre fazer com que continuem no esporte ganhando dinheiro.

"Bernie tem feito um trabalho fantástico para os donos de equipe. Podemos criticá-lo, mas ele tem feito o melhor possível. Ele mantém o dinheiro para seus patrões", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias