Williams admite que gostaria de ter Ross Brawn no futuro

Mesmo com interesse, time inglês vê dificuldade financeira como maior empecilho para trazer dirigente da Mercedes

Com os crescentes rumores sobre a saída de Ross Brawn da equipe Mercedes no fim desta temporada, Frank Williams, fundador da equipe Williams, disse que os serviços do britânico podem interessar ao time com sede em Grove. Ross já chegou a trabalhar como mecânico no início da carreira na equipe, e desde a época Frank diz enxergar seu talento.

"Quando estava conosco ele era realmente muito inteligente em termos de engenharia. Ross é muito talentoso", disse Frank Williams à emissora britânica Sky.

"Tenho certeza de que ele acumulou um conhecimento infinitamente maior, por isso, se ele estivesse chegando, seria uma ótima adição”, acredita.

No entanto, para o futuro no curto prazo, Frank desconsidera o reforço de Brawn, apesar de reforçar o interesse. "Eu não sabia que ele estava disponível. Agora posso entrar em contato com ele. Não posso dizer mais nada", acrescentou.

"A razão pela qual estou sendo hesitante, é que eu emprego pessoas. É muito improvável que nós  pudéssemos pagar Ross, ou que ele quisesse vir até nós”, disse Williams.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias