Williams anuncia disparada no volume de negócios em 2012

Empresa, que também vende tecnologia de energia sustentável e segurança, teve crescimento de 57% no primeiro semestre

A Williams Grand Prix Holdings, empresa que engloba a equipe de F-1 e as demais empresas que atuam traduzindo conceitos usados pela categoria para demais áreas - Williams Hybrid Power, Williams Technology Centre e Williams Grand Prix Engineering Limited – anunciou um aumento de 57% no volume de negócios nos seis primeiros meses de 2012, chegando a 73 milhões de libras (equivalente a mais de 235 milhões de reais).

“Estamos felizes em anunciar que os resultados demonstram a estabilidade de nosso negócio em um clima econômico complicado. Demos um passo adiante na F-1 nesta temporada e esperamos que a tendência continue ano que vem”, afirmou o CEO da empresa, Alex Burns.

“Esses resultados também validam nossos negócios a longo prazo de adaptar a tecnologia e o know-how desenvolvidos na F-1 para aplicação comercial em energia sustentável, segurança e educação. Isso está gerando muitos lucros em projetos fora do esporte a motor, como em nossa parceria com a Jaguar no superesportivo híbrido C-X75.”

Parte dos lucros estão relacionados ao pagamento pela assinatura de um acordo econômico pelo comprometimento da equipe com a F-1.

“A Williams está em um estágio animador de sua história e esses resultados promissores são indicativos disso. Progredimos na pista, graças em parte por nossa equipe técnica, e conseguimos nossa primeira vitória em oito anos”, lembrou o fundador e chefe da equipe, Frank Williams.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias