Williams confirma novo motor da Mercedes para GP da Malásia

compartilhar
comentários
Williams confirma novo motor da Mercedes para GP da Malásia
Por: Lawrence Barretto
28 de set de 2017 19:19

Equipe fará a estreia da especificação atual do propulsor, que representa o quarto (e último) que deverá ser utilizado na temporada

Williams FW40, side
Williams FW40, rear side
Williams detail front wing
Willianms FW40 side detail
Lance Stroll, Williams
Felipe Massa, Williams
Lance Stroll, Williams FW40
Lance Stroll, Williams FW40

A equipe Williams irá utilizar a mais recente especificação dos motores Mercedes durante o GP da Malásia neste fim de semana.

A Mercedes introduziu uma evolução em seu motor para sua equipe de fábrica no GP da Bélgica, com a melhora voltada para o ganho de performance.

Como a prova da Itália foi uma semana após a da Bélgica, não houve tempo suficiente para haver unidades às equipes clientes, Williams e Force India.

Ambas as equipes decidiram por não utilizar o novo motor na corrida seguinte, em Cingapura, para economizar quilometragem, especialmente porque o benefício seria reduzido devido à natureza do circuito.

Como resultado disso, a Williams dará a Lance Stroll e Felipe Massa o quarto e último motor de suas temporadas em Sepang.

A Force India, como se esperava, fará o mesmo para Sergio Pérez e Esteban Ocon.

Entende-se que todas as quatro unidades de potência sejam exatamente da mesma especificação daquelas usadas pela equipe oficial da Mercedes.

Além do novo motor, a Williams também terá pequenas novidades aerodinâmicas na Malásia, com a combinação de melhorias chegando em um momento em que a equipe está envolvida em uma intensa batalha pelo quinto lugar do Mundial de Construtores.

A Williams está à frente da Toro Rosso por apenas sete pontos, sendo que a Renault está mais 10 pontos atrás e a Haas, cinco atrás do time francês.

“Tudo pode acontecer. Eu certamente espero [que consigamos nos manter em quinto]”, disse Stroll. “Olhando para as pistas que estão por vir, podemos ter dificuldades em algumas, mas estou otimista que conseguiremos segurar.”

“Mesmo em pistas em que não esperávamos marcar pontos, conseguimos levar alguns para casa, como aconteceu em Cingapura.”

“Mesmo se o carro não estiver na melhor forma em todos os circuitos, não significa que teremos um fim de semana perdido.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Os desafios de Sepang: a prévia técnica do GP da Malásia

Previous article

Os desafios de Sepang: a prévia técnica do GP da Malásia

Next article

Hamilton espera por reação de Vettel na Malásia

Hamilton espera por reação de Vettel na Malásia
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Williams
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias