Williams desiste de recorrer da exclusão de Massa no Brasil

Equipe decidiu não apelar da pena que desclassificou brasileiro da prova de Interlagos no domingo

Contrariando o que Rob Smedley disse após o GP Brasil em Interlagos, a Williams decidiu não entrar com recurso contra a punição que desclassificou Felipe Massa da etapa brasileira do último domingo.

A decisão foi tomada pelo fato de que os pontos perdidos por Massa não fariam diferença no campeonato de construtores e que haveria também custos legais consideráveis.

A FIA puniu Massa, após constatar que seu pneu direito traseiro estava a 137°C, ou seja, 27°C acima do permitido. No entanto, as medições independentes da Williams mostravam que o pneus estavam no máximo a 107°C.

"Após análise detalhada, a equipe concluiu que, apesar de não concordar com a exclusão e acreditando ter provas suficientes para contestar decisão, não vai apelar, acreditando que uma audiência não será realizada até o fim da temporada. Após o fim do campeonato o time voltará seus pensamentos para 2016", informou o comunicado da Williams.

"Dado o aspecto financeiro e o fato de que a nova decisão não teria impacto sobre o campeonato de construtores, foi concluído que seriam gastos desnecessários", disse a equipe de maneira oficial.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pista Interlagos
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias