Williams estuda levantar assento do carro de Massa

Brasileiro acabou sofrendo 5 segundos de punição por ser o responsável pelo aborto da largada em Hungaroring

A Williams estuda aumentar a altura do assento de Felipe Massa para as próximas etapas do campeonato. O piloto brasileiro foi o responsável pelo adiamento da primeira largada no GP da Hungria deste fim de semana.

Contando com a informação de que Bottas não reclamou da posição da linha auxiliar, que ajuda os pilotos a se posicionarem antes do início da prova, o chefe da equipe, Rob Smedley, disse que possíveis mudanças não estão descartadas:"Vamos ver se precisamos levantar um pouco o assento do Felipe ou modificarmos o processo nas largadas."

"Não acho que ele seja menor que Bottas, mas é um pouco diferente em relação à altura da cabeça e dos olhos."

Sobre o que poderia ter ocasionado a falha do brasileiro: "A pista não tinha uma subida ou descida, ele disse apenas que não viu a marcação. Na segunda tentativa ele disse que preferiria parar um pouco antes, do que acabar tomando nova punição."

Massa confirmou o problema de não conseguir visualizar a marca auxiliar: "Eu não sei se a linha amarela estava num lugar diferente do que costuma estar. É algo que temos que padronizar para todos as pistas, eu não consegui ver e normalmente não costumo ter esse tipo de problema", concluiu o brasileiro.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias