Williams fica sem entender dificuldades de Stroll

compartilhar
comentários
Williams fica sem entender dificuldades de Stroll
Por: Lawrence Barretto
27 de nov de 2017 15:55

Paddy Lowe diz que canadense enfrentou diversos problemas de balanço e nos pneus, mas diz que piloto terá de dar um passo à frente em 2018

Lance Stroll, Williams, in the drivers parade
Lance Stroll, Williams
Lance Stroll, Williams FW40, Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Lance Stroll, Williams FW40
Lance Stroll, Williams FW40

A Williams admitiu que ficou sem entender os motivos que provocaram a perda de ritmo de Lance Stroll durante o GP de Abu Dhabi.

O canadense ganhou duas posições na largada, indo a 13º, mas sofreu com o equilíbrio e com os pneus, o que o forçou a fazer três pitstops, enquanto que a maioria realizou apenas um.

Ele cruzou a linha de chegada em 18º, enquanto que seu companheiro de equipe, Felipe Massa, chegou em 10º e marcou um ponto.

“Ele simplesmente não parecia ter o equilíbrio para fazer tudo funcionar”, disse o diretor técnico da Williams, Paddy Lowe. “Nós precisamos entender se havia algo de errado com o carro e pelo menos analisar ou descartar.”

“Foi um fim de semana complicado para todos quanto às temperaturas dos pneus. Sim [ele sofreu durante todo o fim de semana]. Até mesmo na sexta-feira ele não tinha o ritmo. Precisamos entender isso.”

Stroll estava usando um motor da configuração antiga após a quebra no Brasil, mas Lowe descartou que essa tenha sido a causa da falta de ritmo.

“Há um pequeno passo com o motor, mas nada que poderíamos usar como explicação nesse contexto”, disse.

Stroll teve uma boa batalha com Romain Grosjean pelo 13º lugar em seu primeiro trecho. Mas, depois disso, sofreu com a temperatura nos pneus, o que provocou diversas travadas e teve como consequência os pitstops extras.

“Ele travou, então teve uma parada prematura e foi usar os pneus mais duros, pensando: ‘Bem, pelo menos é um pneu novo’. Mas foi pior”, explicou Lowe.

“Ele não conseguiu fazê-los funcionar. Aí chegou a hora em que ele desistiu do pneu e nós não resistimos, porque ele não estava mostrando ritmo.”

“Até mesmo ele reconheceu no fim da corrida que era mais rápido que Vandoorne naquele momento. Então, se ele tivesse mantido o ritmo, ele teria terminado à frente dele, o que seria o 12º.”

“O próprio Lance reconhece que parte disso é devido à sua inexperiência, onde não importa o quão ruim esteja, às vezes você precisa permanecer assim e tirar o máximo do que tem.”

Quando perguntado se Stroll precisaria dar um grande passo no próximo ano, Lowe disse: “Sim, acho que isso ficará mais claro para Lance do que para qualquer um. Mas teremos coisas em que trabalhar.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Hamilton: Abu Dhabi não se adequa aos carros de F1

Previous article

Hamilton: Abu Dhabi não se adequa aos carros de F1

Next article

Com ano “perfeito”, Hamilton iguala recorde de Schumacher

Com ano “perfeito”, Hamilton iguala recorde de Schumacher
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Abu Dhabi
Localização Yas Marina Circuit
Pilotos Lance Stroll Shop Now
Equipes Williams
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias