Williams prevê uso de novo bico apenas para GP do Bahrein

Equipe do brasileiro Felipe Massa planeja utilizar versão 2016 de bico apenas no dia 3 de abril, no Bahrein

A Williams definiu que vai utilizar um bico mais curto em 2016 e está consciente das dificuldades da mudança para garantir que a estrutura seja forte o bastante para suportar as exigências da FIA.

Embora muitas equipes tenham copiado o conceito, a versão do time do brasileiro Felipe Massa promete ter o bico mais curto ainda, para maximizar o fluxo de ar na parte de baixo do carro.

Havia alguma esperança de que a nova versão estaria presente nos testes de pré-temporada de Barcelona, fato que acabou não acontecendo. Em seguida, a previsão foi para a abertura da temporada, no GP da Austrália, em Melbourne, mas que também acabou não se confirmando, devido aos testes de impacto ainda não terem sido concluídos.

"Temos um carro com bico mais curto, mas para o Bahrein acredito que teremos um carro com uma versão ainda mais curta", disse Claire Williams, vice-presidente da escuderia.

Atraso

O diretor-técnico, Pat Symonds, disse que mesmo após a aprovação da nova parte no crash test, não haveria muito tempo para colocá-la em ação.

"O bico em si não é o problema. Depende muito do que você vai fazer com a asa dianteira", explicou. "A asa dianteira leva muito mais tempo de se produzir."

"Acho que se você estiver produzindo suas novas asas paralelamente ou modificar apenas o bico, você vai conseguir ser aprovado nos testes de colisão em algumas semanas."

"Mas se você for produzir suas novas asas dianteiras somente depois do bico passar pelo teste, então seu prazo aumenta."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias