Williams procura solucionar falhas de suspensão de Austin

Equipe acredita que pode encontrar saída do problema de suspensão inesperado que esteve presente nos carros dos dois pilotos no GP dos EUA

Valtteri Bottas e Felipe Massa sofreram com a suspensão da Williams em Austin, no último fim de semana. O finlandês teve uma falha no amortecedor direito traseiro no treino de classificação pela manhã, fato que se repetiu durante a prova e teve como companhia o mesmo caso no carro de Felipe Massa.

"Havia um bump muito grande na curva 11 e quando o carro passou por cima, impactou de maneira muito forte. Foi muito grave. Uma vez que Bottas tinha que voltar à pista à tarde, conversamos com os pilotos sobre como eles tinham que fugir daquela lombada", disse Rob Smedley, chefe da equipe.

"Não havia nenhum outro lugar para passar. Ou você para o carro ou espera por danos no equipamento, como no caso do carro de Massa", complementou.

Embora a questão da pista em Austin tenha sido um caso extremo, não há esse tipo de preocupação no México, já que se trata de uma pista nova.

"Primeiro de tudo, você precisa entender o caso e nós fizemos isso. Sabemos exatamente qual era o problema e tomamos uma série de medidas para solucioná-lo. Estaremos na pista amanhã e vamos observar o que será necessário aqui."

"Tivemos que olhar para o projeto em si. Tudo o que seja necessário do ponto de vista da confiabilidade e do que não seja também, já que não queremos proceder em coisas desnecessárias", disse Smedley.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias